• 25 de maio de 2022 23:41

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Minha Cadeira

Igor Tokarski lança abaixo-assinado para o 2º hospital veterinário público no DF

Nubia Paula

ByNubia Paula

jul 30, 2018
Advertisement

O pré-candidato a deputado distrital, Igor Tokarski, lançou esta semana um abaixo-assinado para a construção do segundo Hospital Veterinário Público (HVEP) no Distrito Federal. “O primeiro hospital foi um sucesso, mas a demanda é muito grande. Havia uma grande expectativa da população por esse atendimento e precisamos descentralizar para que as pessoas não precisem atravessar a cidade”, explica.

O primeiro Hospital Veterinário Público – lançado quando Igor foi secretário de Meio Ambiente – fica localizado no Parque Lago Cortado (Taguatinga) e já atendeu mais de cinco mil cães e gatos domésticos, inclusive, vítimas de maus tratos e abandono.

“É um bom começo, mas o Censo de 2017 aponta que temos 507,1 mil cachorros e 122 mil gatos no Distrito Federal”, enumera.

A proposta apresentada na petição pública é que a segunda unidade fique localizada na região norte do Distrito Federal, mas com uma demanda tão grande por cuidados com os animais, ainda será pouco. “O ideal seria um Hospital Veterinário Público em cada região para salvar mais vidas e facilitar o deslocamento para os moradores que tem animais em tratamento”, afirma.

Igor Tokarski, Foto: Agência Brasília

Verba bem investida – A forma como o primeiro hospital público foi viabilizado pelo então secretário do Meio Ambiente Igor Tokarski chamou atenção de gestores públicos de todo o País: todos os gastos para construção foram totalmente financiados com recursos de compensação ambiental que, até hoje eram usados, em sua maioria, para brinquedos em parquinhos, equipamentos de ginástica, pistas de skate, quiosques e pistas de caminhadas.

Já existem três hospitais veterinários públicos em São Paulo e Porto Alegre lançará o seu ainda este ano, mas nenhum dele foi viabilizado com recursos de compensação ambiental.

HVEP – Em Brasília, o HVEP tem 540 metros quadrados, oferece consultas, cirurgias, medicações, exames laboratoriais, internações e outros tratamentos para cachorros e gatos, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h.

O abaixo-assinado, que pode ser acessado aqui, será encaminhado ao governador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.