• 27 de junho de 2022 17:32

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Valeria Souza

Favela Sounds 2018 aposta no afrofuturismo como tema e apresenta mais de 30 nomes de várias partes do Brasil e do mundo

Nubia Paula

ByNubia Paula

nov 18, 2018
Advertisement

Favela Sounds 2018 aposta no afrofuturismo como tema e apresenta mais de 30 nomes de várias partes do Brasil e do mundo

Realizado na Semana da Consciência Negra, festival acontece entre 19 e 24 de novembro em diversas Regiões Administrativas e no Museu Nacional da República, com programação inteiramente gratuita.

foto: Favela Sounds 2017. Crédito Doze.Lab


Nomes como Flora Matos, La Furia, Don L, Drik Barbosa, Rico Dalasam, Keila, DJ Marfox, Pepita, MC Tocha e Hodari compõem a programação musical da 3ª edição do festival.

foto: Favela Sounds 2017. Crédito Doze.Lab

A 3ª edição do Favela Sounds – Festival Internacional de Cultura de Periferia – acontece no Distrito Federal, de 19 a 24 de novembro de 2018, sob a temática do Afrofuturismo. Totalmente gratuito e democrático, o evento promove shows e leva oficinas e debates para as escolas públicas e quebradas do DF, suas regiões administrativas e inclusive para o sistema socioeducativo, a fim de propor novas perspectivas profissionais na cadeia da cultura para menores em privação de liberdade.

“Mais uma vez estamos ocupando o centro político do país com uma programação que não costuma chegar neste local. E agora, assumindo a estética do Afrofuturismo, desde a brilhante identidade visual criada pelo artista gráfico Pomb, até a representatividade dos artistas elencados”, comemora a coordenadora geral do festival Amanda Bittar.

Nos dias 23 e 24/11 a programação é musical. O Baile acontece na região central e turística de Brasília, em frente ao Museu Nacional da República, promovendo a circulação das favelas pelo centro político do país. Haverá 20 ônibus realizando transfers periferia-centro e todos os shows são abertos, livres e gratuitos.

O Baile apresenta 26 artistas do país. Esse é o lineup do festival com mais representações de estados brasileiros: vai ter artista do Pará, Ceará, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Do exterior, vem o DJ Marfox de São Tomé e Príncipe, radicado em Lisboa, responsável pela festa “Noite Príncipe”, uma das principais noites de afrohouse da Europa (na Music Box).

“São todos nomes vindouros da música brasileira e grandes referências nas quebradas de onde vêm, representando cenas legítimas para a produção musical”,aponta Guilherme Tavares, diretor artístico e coordenador geral do festival, ao lado de Amanda.

Na primeira edição do Favela Sounds compareceram 12 mil pessoas, na segunda o público foi de 25 mil. Para essa terceira edição, a expectativa é de que 30 mil pessoas compareçam nos dias do evento.

Este ano, o festival ainda homenageia o Mr. Catra que foi o primeiro incentivador do Favela Sounds. Atenção para o super lineup, que conta com tradução em libras dos shows):

Programação:

Oficinas:

Oficina de cenografia
Ministrada por Diego Zabelê e Didi
De 5 a 23 de novembro (encerrando na montagem do Baile – Favela Sounds 2018)
Horário: 14h às 18h
Local: Jovem de Expressão (Praça do Cidadão, Ceilândia Norte)

Oficina de Empreendedorismo na Quebrada
Ministrada por Wemmia Anita
De 19 a 23 de novembro
Horário: 19h às 23h
Local: Espaço Imaginário (Conjunto 05, Samambaia Sul)

OFICINA DE GRAVAÇÃO DE FAIXAS AUTORAIS EM BAIXO CUSTO
Ministrada por Higo Melo
De 19 a 23 de novembro
Horário: 19h às 23h
Local: Espaço Cultural Palco (Varjão)

OFICINA DE PERCUSSÃO
Ministrada por Macaxeira Acioli
De 19 a 23 de novembro
Horário: 14h às 18h
Local: Casa Frida (São Sebastião)

Papo Reto
(etapa de debates do festival, programação em escolas públicas do DF)

DEBATE “RAP É COMPROMISSO – RIMA E IDENTIDADE”
Convidada:
 Preta Rara
Data: 23 de novembro
Horário: 10h30
Local: com os alunos do CED 3 de Sobradinho

DEBATE “RAP É COMPROMISSO – RIMA E IDENTIDADE”
Convidada:
 Preta Rara
Data: 23 de novembro
Horário: 14h30
Local: com os alunos do Centro de Ensino Fundamental Telebrasília (Vila Telebrasília)

DEBATE: “NOTÍCIAS DA FAVELA PARA A FAVELA – COMO O JORNAL VOZ DAS COMUNIDADES GANHOU O MUNDO”
Convidado:
 René Silva
Data: 23 de novembro
Horário: 11h
Local: com alunos do CEM 01 – Núcleo Bandeirante

TAMO JUNTO 
(Etapa de vivências do festival nas Unidades do Sistema Socioeducativo do DF)

Roda de conversa, pocket show e microfone aberto com jovens em privação de liberdade, com quatro apresentações em três unidades do Sistema Socioeducativo do DF, contando com a presença dos artistas Vera Verônika, Nego Dé e DJ Chokolaty.

23 e 24 de novembro – Ud. Sistema Socioeducativo de Santa Maria – UISM
29 de novembro – Ud. Sistema Socioeducativo de Brazlândia – UIB
30 de novembro – Ud. Sistema Socioeducativo do Paranoá – UAMA
*Atividades com entrada somente mediante autorização prévia das instituições.

O BAILE 

Dias 23 e 24 de novembro.
Entrada Franca

Local: Museu Nacional Honestino Guimarães 
Haverá transporte gratuito de 10 endereços distintos do DF.

Atrações dia 23/11 

Atrações dia 24/11


A curadoria musical e coordenação geral do Favela Sounds são assinadas por Guilherme Tavares e Amanda Bittar, diretores da Um Nome Produção e Comunicação. O festival conta com apoio da Oi Futuro, CMA Advogados, Ruas/Jovem de Expressão, Saulo Transportes, Restaurante Pê Efe, Panificadora Trigo de Ouro, WMed Uti Móvel, Sticker Squid e Central de Produção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.