• 20 de maio de 2022 01:10

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Se um Labecca já estava bom demais, imagine dois!

61brasilia

By61brasilia

mar 18, 2019
Advertisement

Se um Labecca já estava bom demais, imagine dois!

A segunda unidade do Labecca Café acaba de ser inaugurada na 408 sul com novo cardápio e uma bela varanda ao ar livre -, bem aos moldes brasilienses. E com a cara, alma e coração de Brasília, o café da manhã, servido apenas nos finais de semana, está de roupagem nova.

Por: Carol Cascão

Fotos:Divulgação

As receitas prediletas da unidade do Lago Sul, como o Croque Monsieur e o Roll de Salmão Defumado com Guacamole, foram algumas exceções mantidas no cardápio. Além da torta favorita da casa, a de banana preparada com um doce de leite incrivelmente caseiro. Opções veganas também estão no menu.

A nova unidade tem espaço para 75 pessoas. A grande varanda, ornamentada pela paisagista Marina Franco, parece ser a vedete da Casa, bem disputado pelos clientes, principalmente para o café da manhã.

Um Trio fantástico bem familiar

As irmãs Labecca, Amanda, Fernanda e Flávia abriram as portas do primeiro Labecca Café há quase uma década, no lago sul. O amor cresceu e precisou abrir os horizontes para uma segunda Casa na asa sul. Mas essa história de afeto vem de berço, desde crianças -, “brincar” de cozinhar significava mais que preparar receitas. Era pura devoção. A prova disso eram as tardes que passavam na casa da avó paterna, onde aprenderam que sabores e aromas, unem as pessoas e ultrapassam o simples fato de apenas comer.

Fernanda Labecca é vegana há algum tempo, o que trouxe ao Café opções de pratos sem proteína animal como a tostada de avocado com granola salgada, feita na casa, e o maravilhoso cookie vegano com gotas de chocolate.

Outra prova de amor é justamente essa: não excluir e receber as pessoas que têm restrições alimentares, por causa da saúde ou por opção própria. Não importa! A ideia é agregar. E receber com carinho para que as pessoas possam confraternizar e reunir-se ao redor da mesa. O importante é desfrutar os momentos de pausa e sentir-se acolhido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.