• 23 de maio de 2022 08:49

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

BR SA Coletivo de Artistas encena espetáculo de rua inspirado em clássicos de Shakespeare

61brasilia

By61brasilia

abr 25, 2019
Advertisement

BR SA Coletivo de Artistas encena espetáculo de rua inspirado em clássicos de Shakespeare

 Temporada de Hipóteses para Shakespeare a Céu Aberto tem sessões no Parque da Cidade, no Taguaparque e nas cidades de São Jorge e Alto Paraíso (GO)

BR SA Coletivo de Artistas celebra dez anos de fundação do grupo e seis anos da estreia de Hipóteses para Shakespeare a Céu Aberto

O Distrito Federal guarda a tradição de levar os palcos às ruas, tamanha é a quantidade e qualidade de grupos de teatro que dedicam suas narrativas às apresentações a céu aberto pela cidade. Dentre estes grupos, o BR SA Coletivo de Artistas se destaca há dez anos em meio à comunidade cultural candanga. Para celebrar uma década em plena atividade, e seis anos da estreia de um dos espetáculos mais bem-sucedidos de seu repertório, o grupo reencena e sai em turnê pelo DF e Goiás com Hipóteses para Shakespeare a céu aberto.

A temporada tem início no final de semana dos dias 11 e 12 de maio, às 20h e 19h, respectivamente, quando o grupo se apresenta no Parque Ana Lídia do Parque da Cidade (ao lado da Administração do Parque). De lá o grupo segue para duas sessões na Chapada dos Veadeiros (GO), sendo a primeira no dia 18 de maio, às 20h, na Praça do Artesão de São Jorge; e a segunda no dia 19 de maio, às 19h, na Praça do CAT de Alto Paraíso. Por fim, o grupo se apresenta nos dias 1o e 2 de junho, às 20h e 19h, no Centro Cultural do Taguaparque, Taguatinga.

Hipóteses para Shakespeare a céu aberto nasceu do desejo de falar de amor, com processo de pesquisa mergulhado na obra de William Shakespeare. Na peça, dois consagrados textos do autor inglês se misturam: as histórias de Romeu & Julieta, e de Hamlet, cujos personagens vivem a hipótese de um encontro pós-morte em um lugar denominado “Undiscovered Country”. Romeu, Julieta, Hamlet e Ofélia, então, reencenam suas tragédias sob a exigência de traçar um novo destino à história de seus personagens. E se Hamlet conhecesse Julieta, e Ofélia se entregasse para Romeu? Que fim teriam estes clássicos?

Após oito meses de trabalho e pesquisa em improvisação, criação, experimentação de músicas, som e fúria, BR SA Coletivo de Artistas estreou a peça em 2013 e no ano seguinte já chegou aos palcos do Cena Contemporânea, maior festival de teatro do Centro-Oeste. Eis que seis anos depois da estreia, a formação original do espetáculo retoma suas atividades, sob a direção do experiente Denis Camargo e assistência e dramaturgia de Lidiane Araújo, em elenco formado por Ana Vaz, Luciana Matias, Medro Pesquita e Pedro Caroca.

O espetáculo faz referências a outro clássico, Seis personagens em busca de um autor, texto basilar no estudo do teatro, do italiano Luigi Pirandello, e ainda ganha participações do próprio William Shakespeare e de uma de suas personagens mais icônicas: Lady Macbeth. Hipóteses para Shakespeare a céu aberto é ancorado pela trilha sonora autoral de Marco Michelângelo, executada ao vivo por Káshi Mello e Lucas Muniz. O projeto é apresentado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Governo do Distrito Federal, com apoio do IESB, da Pizzaria Lua Nova e do Restaurante da Nenzinha, e todas as sessões têm entrada franca, com classificação indicativa livre.

Sobre o BR SA Coletivo de Artistas

É um grupo híbrido cujos integrantes possuem formação acadêmica em diversas áreas artísticas, o que permite ao coletivo contar com uma diversidade de profissionais envolvidos na valorização do ato criativo. Hipóteses para Shakespeare a céu aberto (2013) é o quinto espetáculo desenvolvido pelo BR SA, que trabalha desde setembro de 2009 através de processo colaborativo. Suas investigações cênicas reiteram a sustentabilidade do coletivo na produção teatral.

Ficha Técnica

Espetáculo: Hipóteses para Shakespeare a céu aberto

Livremente inspirado emHamlet e Romeu & Julieta de William Shakespeare e Seis personagens em busca de um autor de Luigi Pirandello

Direção: Denis Camargo

Dramaturgia e assistência de direção: Lidiane Araújo

Atores: Ana Vaz, Luciana Matias, Medro Pesquita e Pedro Caroca

Músicos: Káshi Mello e Lucas Muniz

Trilha sonora original: Marco Michelângelo

Preparação vocal: Pedro Souto

Preparação corporal: Ana Vaz

Cenografia: Cléber Lopes e Denis Camargo

Figurino: Andréa Patzsch e Denis Camargo

Costureiras: Anedina, Maria Aparecida e Wanderly

Maquiagem: Ju Welasco

Iluminação: Denis Camargo

Fotografia: Thiago Sabino

Cenotécnico: Beto Galdino e Lupe Leal

Projeto Gráfico: Verlindo Comunicação

Produção: Kamala Ramers e Lupe Leal

Assessoria de Imprensa: Guilherme Tavares/Um Nome Comunicação

Realização: BR S.A. Coletivo de Artistas

Serviço – Hipóteses para Shakespeare a céu aberto

No Plano Piloto

Datas: 11 e 12 de maio de 2019 (sábado e domingo)

Horários: Sábado, às 20h. Domingo, às 19h

Local: Parque Ana Lídia do Parque da Cidade (ao lado da Administração do Parque)

Em São Jorge (GO)

Datas: 18 de maio de 2019 (sábado)

Horários: Sábado, às 20h.

Local: Praça do Artesão de São Jorge

Em Alto Paraíso (GO)

Datas: 19 de maio de 2019 (domingo)

Horários: Sábado, às 19h.

Local: Praça do Artesão (Praça do CAT) de Alto Paraíso

Em Taguatinga

Datas: 1o e 2 de junho de 2019 (sábado e domingo)

Horários: Sábado, às 20h. Domingo, às 19h

Local: Centro Cultural do Taguaparque

Entrada franca

Classificação indicativa: Livre

Realização: BR SA Coletivo de Artistas

Apoio: IESB, Pizzaria Lua Nova e Restaurante da Nenzinha

Patrocínio: Fundo de Apoio à  Cultura do Governo do Distrito Federal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.