• 19 de maio de 2022 18:23

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Por que Buscar Diligentemente Ter Clareza

61brasilia

By61brasilia

ago 7, 2019
Advertisement

Por que Buscar Diligentemente Ter Clareza

Por Carla Ribeiro, Coach de Alta Performance, Mestre em Sociologia, Recordista do Guinness Book (Tetracampeã Mundial de karate, Campeã Mundial de Kickboxing. www.carlaribeiro.com.br

Quando nos sentimos perdidos sobre o que realmente queremos, é porque falta clareza. A visão clara, definida, do que pretendemos da vida, dos relacionamentos que desejamos experimentar, dos sentimentos que gostaríamos com frequência de vivenciar é fundamental para sermos felizes.

Se não temos clareza de quem somos em qualquer estágio da vida, essa deve ser a meta número um. Ou seja, definir o mais cedo possível quem almejamos ser.

Responder a esse questionamento deve ser prioridade, quando constatamos não saber a resposta. Para encontrá-la, não é preciso esperar o próximo emprego, nem o próximo relacionamento, nem o próximo desafio.

Afinal, como ter clareza?

A primeira pergunta a nos fazermos é quem sou eu? Em seguida, quem quero ser?

Se a resposta à segunda pergunta for ser uma pessoa amável, generosa, produtiva, motivada e empreendedora, então, o caminho é ser hoje quem desejamos ser no futuro. Quem seremos não é acidente, mas a forma de agir hoje intencionalmente. Para isso se tornar factível, é necessário que, no dia a dia, ajamos como o modelo de pessoa a que aspiramos.

Isso significa trazer aquelas características para cada fato vivido. Sem dúvida, é um desafio, porque não é possível controlar tudo o que nos acontece.

Aliás, haverá contextos bem desagradáveis; é viável, então, escolher a reação a cada um dos estímulos recebidos nessas situações.

Ao agir com essa disposição mental, será possível construir o destino ambicionado, em vez de ser dominado pelas circunstâncias e sofrer as consequências disso.

A possibilidade de criar o futuro estimado é um dos grandes trunfos, quando se tem clareza, pois ela permite iniciarmos o dia decidindo como será, em que focaremos a atenção, o que realizaremos, como nos sentiremos, entre outras coisas.

Não é fácil, mas é totalmente praticável.

Algumas pessoas sabem desde muito cedo quem querem ser, exatamente o que fazer e traçam um caminho aparentemente linear, para realizar o sonho delas.

Sabemos que provavelmente tiveram de superar obstáculos, alguns deles difíceis. Mas é perceptível – algumas não só superam, como saem fortalecidas desses embates.

Essa é uma condição que supera a tão falada resiliência; trata de algo além de retornar à condição original, de se adaptar ou de vencer momentos difíceis.

Esse estado de clareza nos fortalece e fornece energia para seguir em frente, sobretudo quando o contexto é desfavorável e incerto.

Nessas situações,  é preciso ainda mais disciplina na adoção de rituais que nos fortaleçam e façam lembrar nossas aspirações, os acontecimentos diários, as emoções e os hábitos que vivenciaremos.

Ou seja, especialmente em cenários obscuros, devemos decidir o que mentalizar, quais pensamentos ocuparão lugar na mente; se escolhermos nos aprofundar no estado de negatividade, afundaremos em toda sorte de pessimismo e desesperança.

Já se a escolha for focalizar em algo positivo e se alimentar de esperanças em relação ao futuro, embora o momento seja doloroso, será mais viável construir um panorama favorável, feliz.

O fracasso, a perda, a dor pode trazer-nos oportunidade de desenvolvimento pessoal, pois pode nos ensinar muito. Decerto esse aprendizado ocorrerá, se estivermos atentos a mensagem dos acontecimentos quanto à nossa condição humana. A natureza humana nos inclina a tentar desenvolver valores que nos tornem agentes de soma na vida das outras pessoas.

Logo, essencial compreender só haver duas possibilidades de experimentar uma mudança transformadora na vida; advirá de fato externo, por exemplo um acontecimento muito favorável, uma sorte grande, ou será de origem interna, da capacidade pessoal.

Desenvolver as competências pessoais requer, prioritariamente, identificar quais as metas relativas à existência humana, aquelas que impliquem na melhoria das características da personalidade.

Nessa identificação das metas, vale separar o que são necessidades dos meros caprichos pessoais. Muitas vezes, o que é desejável hoje pode concorrer para o que é importante amanhã.

Assim, na jornada em busca de clareza, é fundamental não deixar nada relevante para trás, aquilo pode contribuir para nos tornar mais humanos.

Nesse sentido, é pertinente refletir a respeito de objetivos, considerando quatro áreas:

  1. Condição humana – todos queremos sentir orgulho da pessoa que nos tornamos;
  2. Relacionamentos – todos temos necessidade de nos sentir profundamente conectados, amados, queridos;
  3. Criação e contribuição – todos precisamos nos sentir engajados com algo, construir alguma coisa relevante;
  4. Crescimento – todos devemos buscar a excelência, ser melhor do que somos e estar mais presentes em cada momento da vida.

Para conseguir trilhar esse caminho aproveitando ao máximo o percurso, é imprescindível buscarmos constantemente clareza, nos fazendo também as seguintes perguntas:

  • quem sou?
  • quem não sou?
  • qual meu foco básico na vida?
  • em que estou constantemente focado?
  • quais emoções consistentemente sinto?

Obtemos clareza quando nos priorizamos. Por exemplo, se estamos fazendo algo incongruente com o que acreditamos, tampouco identificamos qualquer possibilidade de nos sentirmos realizados, é hora de reservar um tempo a sós, para descobrir como mudar.

Esse momento introspectivo demandará tempo. Serão um ou dois dias a menos, para cumprir a atribulada rotina, mas será um investimento para viver dias muito mais prósperos e mais gratificantes.

Assim, a busca pela clareza deve constituir nossa prioridade, porque é investimento em longo prazo. Ao final de um dia, se for nosso último dia de vida e pudermos olhar para trás cientes de que fizemos o possível, provavelmente teremos contribuído significativamente para criar um mundo melhor.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.