• 26 de maio de 2022 10:39

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Cappuccino

Pedacinho do Céu: uma família unida na formação de crianças incríveis

61brasilia

By61brasilia

dez 16, 2019
Advertisement

Pedacinho do Céu: uma família unida na formação de crianças incríveis

Fundada há 38 anos, a escola faz jus ao nome. Adota metodologias ativas e pedagogia sócio construtiva utilizando vários espaços de aprendizagem com muito cuidado e carinho com os pequenos nas duas unidades localizadas na Asa Norte e no Guará

Quem passa na porta da escola Pedacinho do Céu na entrequadra 108/308 Norte não tem dimensão da estrutura externa do local. Cada espaço foi cuidadosamente pensado para a realização das atividades desenvolvidas academicamente. Tem pátio, duas piscinas, quadra esportiva, horta e até compostagem. Nossa equipe foi recebida pela Diretora Pedagógica Camila Weber, nora da fundadora da escola, Dona Haidée Neves.

A proposta pedagógica construtivista da instituição de ensino foi escolhida para embasar o sonho de Dona Haidê, por uma sociedade justa, humana e feliz, onde as pessoas se respeitam e se interessam uma pelas outras. Por isso, a metodologia de ensino é baseada nos fundamentos epistemológicos e filosóficos de Jean Piaget, Emília Ferreiro, Wallon, Vigotsky, Celestin e Freinet onde cada criança é estimulada a construir seu conhecimento e desenvolver suas habilidades e competências integradas com o grupo em clima de afetividade, amor, carinho e respeito as individualidades.

Os pais que optam por esta cartilha de ensino para a formação dos seus “tesouros” podem procurar as duas unidades existentes no quadradinho localizadas na Asa Norte e no Guará. A do Plano atende desde bebês de quatro meses até a alfabetização, que ocorre no primeiro ano. Já no Guará o ensino é um pouco mais alongado, os estudantes podem cursar até concluir o Ensino Fundamental I, cujo o último ano é o quinto.

Uma das peculiaridades da escola é que ela já atende a 2ª geração de famílias na instituição. “Temos muitos alunos que são filhos de ex-alunos, e isso nos alegra muito, pois comprova que fazemos um bom trabalho”, relatou Camila.  Outra característica muito positiva que chama atenção é o “tempo de casa” dos funcionários. A própria diretora pedagógica, por exemplo, já está há 18 anos na Pedacinho.

A visão de uma das primeiras professoras do Pedacinho do Céu

Da Asa Norte nossa equipe fez uma ponte terrestre para o Guará, onde foi recebida por Solange Maria de Voz Alves, professora na escola desde a fundação em 1981. Ela nos levou até a sala onde dá aula para as crianças do integral para nos contar mais sobre o Pedacinho. A moradora do Guará é praticamente um patrimônio da instituição, que inclusive, foi seu único emprego na vida, e tem um amor e identificação impar pela mesma. Ela revelou que após a aposentadoria em 2006, escolheu continuar trabalhando na “contação de histórias” da escola.

Solange

Quando perguntada sobre como é ensinar aos filhos de seus antigos alunos, ela respondeu dando risada. “Realmente, o filho dos meus alunos já são meus alunos. Já sou vovó dos meu alunos”. A magistrada contou que este fator contribui muito no trato com os pais, o que acaba resultando numa credibilidade maior, principalmente nos momentos do “puxão de orelha”, devido a confiança adquirida com os responsáveis no passado. “Os pais dos meus alunos me tratam muito bem e acabam tendo uma memória afetiva em relação ao laço construído naquela época. É uma relação boa e de confiança entre ambas as partes”.

O ambiente intimista de uma escola menor cria um clima familiar o qual permite com que as crianças tenham um tratamento especial e ganhem mais atenção. Solange disse que os funcionários conhecem todos os alunos e sabem chama-los pelo nome, sendo assim, eles “não são mais um no meio do bando”. Vale ressaltar que a intimidade não para por aí, pois os pais interessados em saber do andamento do filho na vida acadêmica tem um acesso descomplicado aos professores e coordenadores.

Um grande diferencial: o ensino integral

Pelo fato dos pais trabalharem o dia todo e terem que deixar as crianças com a secretaria sem ter muito com o que interagir, o período integral retornou a escola após cerca de 10 anos e virou uma bela alternativa para os progenitores e para a evolução da gurizada. No contra turno eles praticam modalidades esportivas, têm aulas de reforço, artes, música, culinária, tomam banho, fazem cinco refeições com cardápio equilibrado elaborado por uma nutricionista e ocupam o tempo no “melhor lugar do mundo para criança”, segundo a educadora.

“O integral é uma forma de fazer com que as crianças criem e produzam as coisas”. Existe um consenso de que essa geração tecnológica perde muito da velha infância, pois como já vem tudo pronto eles ficam passivos, apenas absorvem o que é dado na televisão e internet. Prova disso é o relato de Solange de que os alunos “não sabiam mexer com a linha, nem conheciam quais eram”. Ela também afirma que levantar a cabeça e sair da tela do celular para descobrir novos mundos e brincadeiras faz com que os pequenos esqueçam dos aparelhos eletrônicos no período das aulas.

Além disso, este complemento escolar na rotina destes alunos fazem com que os mesmos tenham um maior contato social, sejam mais ativos, desenvolvam criatividade, não percam tempo com coisas fúteis no tempo livre e virem, futuramente, profissionais e cidadãos completos e íntegros. Vale atentar que o ensino integral pode ser uma boa medida profilática para a depressão por causa de fatores como os levantados acima.

 

Serviço

Pedacinho Do Céu

Unidade Asa Norte

Endereço: EQN 108/308 Lote “C” – Asa Norte
E-mail: asanorte@pedacinhoweb.com.br

Unidade Guará

Endereço: EQ 13/15 Lote “C” – Guará II
E-mail: guara@pedacinhoweb.com.br

Telefone Geral: (61) 3962-3300

Site: https://www.pedacinhoweb.com.br/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.