• 25 de maio de 2022 22:18

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Ilê Axé Oyá Bagan oferece oficinas gratuitas de percussão

61brasilia

By61brasilia

jan 15, 2020
Advertisement

Ilê Axé Oyá Bagan oferece oficinas gratuitas de percussão

As aulas acontecem nas manhãs dos domingos 19 e 26 de janeiro

Atabaques, djembês, agogôs a postos! Os próximos domingos de janeiro serão de muito aprendizado ancestral no Ilê Axé Oyá Bagan, terreiro de candomblé e tradicional ponto de cultura. Nos dias 19 e 26 de janeiro, das 9h às 12h, serão oferecidas aulas gratuitas de ijexá e samba de roda, ambos ritmos de origem africana e gênero da música popular presente em todo o Brasil.  As oficinas são independentes, mas quem quiser pode repetir a dose e participar dos dois momentos.  Não é necessário levar instrumentos.

Interessadas/os podem fazer a inscrição preenchendo o formulário disponível no http://bit.ly/PercussãoBagan e tirar dúvidas mandando mensagens para o e-mail rosadosventos.midia@gmail.com .

A atividade é um convite a todas/os que se interessem, tenham vontade de aprender um pouco sobre o ritmo, a dança e a música do candomblé. Tudo isso em um dos terreiros mais tradicionais e reconhecidos, por sua atuação, no DF. Em 2018, O Ilê Axé Oyá Bagan alcançou um grande reconhecimento: foi contemplado, pelo Governo do Distrito Federal, com o Prêmio de Cultura e Cidadania, na categoria Cultura Afro-Brasileiras.

A oficina faz parte do Circuito Candango de Culturas, projeto idealizado pelo Instituto Candango de Culturas Populares, fomentado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal e produzido pela Rosa dos Ventos Produções. O objetivo é promover territórios culturais do DF, além de valorizar espaços e expressões de cultura locais.

“As aulas de percussão, com ritmos característicos do candomblé, como o ijexá, são uma forma de valorizar a cultura de terreiro. Com as oficinas as pessoas terão a oportunidade de conhecer a beleza da percussão tradicional de matriz africana. Essa é a proposta do circuito como um todo: enaltecer territórios e grupos culturais do DF”, ressalta Stéffanie Oliveira, diretora do Instituto Candango de Culturas Populares.

Quem comanda as aulas é o professor, pedagogo e músico, Ricardo Costa, integrante do Grupo Oyá Bagan.

“Acho muito importante que as pessoas se aproximem e conheçam um pouco mais sobre ritmos, toques e instrumentos que fazem parte de nossa cultura. As aulas também serão inclusivas. Todos, acima de 10 anos, podem participar. Além disso, a percussão também é uma terapia”, esclarece Ricardo.

Serviço: Oficinas gratuitas de percussão

Data: 19 e 26 de janeiro (domingo)

Horário: das 9h às 12h

Local: Ilê Axé Oyá Bagan – Córrego Tamanduá – Trecho 7 – Chácara 3 – Paranoá

Entrada: Franca

Classificação: maiores de 10 anos de idade

Inscrições e informações:  rosadosventos.midia@gmail.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.