• 27 de junho de 2022 17:45

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Vila Velutti Junina

Júnia Cascaes oferece oficina gratuita de Sereiada

61brasilia

By61brasilia

fev 16, 2020
Advertisement

Júnia Cascaes oferece oficina gratuita de Sereiada

Atividade acontece nos dias 18 e 19 de fevereiro no Espaço Cultural 508 Sul

Agbês a postos, a Sereiada vai começar! Na próxima terça (18) e quarta (19) de fevereiro, a dançarina e batuqueira, Júnia Cascaes, integrante, co-fundadora e co-criadora do grupo Seu Estrelo, vai ensinar aos brasilienses a arte de tocar o agbê (ou xequerê). O instrumento percussivo tem origem africana e chegou ao Brasil pelos terreiros, incluído inicialmente nos afoxés e mais tarde nos maracatus nação, mas em Brasília ganhou ritmo, simbologia e história própria. As aulas acontecem no Espaço Cultural Renato Russo, das 19h às 21h, são voltadas para o público adulto e gratuitas.

As oficinas são independentes, mas quem quiser pode repetir a dose e participar dos dois dias. Dica importante: vá com roupas confortáveis e leve o seu agbê. Interessadas/os em participar podem fazer a inscrição através do site http://www.espacoculturalrenatorusso.com.br/ . Mas não perca tempo, as vagas são limitadas!

A simbologia dos agbês na terra dos candangos

Segundo Júnia, o agbê é um importante elemento que compõe a cultura nascida e inventada por aqueles que cresceram em Brasília. Ele tem uma forte presença, por exemplo, no ritmo criado para cidade: o samba pisado, marca registrada do grupo Seu Estrelo e da Orquestra Alada Trovão da Mata, ambos grupos que carregam expressões culturais tipicamente candangas.

“Eu conheci o agbê quando começamos o grupo Seu Estrelo, há 15 anos. Nesse tempo não haviam vídeos e informações na internet e eu não tinha referências da cultura do Nordeste. Nunca tinha visto um maracatu, um afoxé nem mesmo um agbê. Conheci então o instrumento ao mesmo tempo em que criávamos o Samba Pisado, um ritmo para a cidade. Nesse contexto os toques foram ganhando uma característica muito própria”, relembra a batuqueira.

Júnia conta que a dança, sempre presente em sua vida e formação, foi o pontapé inicial para a descoberta do agbê.

“ Sou dançarina desde pequena, mas não tinha experiência com fazer música até então. Fui descobrindo aqueles toques a partir da minha dança. Hoje proponho a integração total do instrumento com o corpo e a apropriação de cada pessoa de suas pesquisas e descobertas junto ao agbê”, complementa.

O Mito da Sereia Luzia

Envolvido na mitologia cerratense como um elemento simbólico das sereias, os agbês representam muito mais que um simples instrumento. O mito da Sereia Luzia envolve e enriquece o toque do objeto que ganhou vida própria.

“Dentro do samba pisado os agbês representam as águas, os tambores a terra, a caixa o fogo e o gonguê o vento. Daí foi surgindo também uma personagem em mim, a Sereia Luzia, e essa oficina que proponho: a Sereiada. Onde num contexto profundo, percebemos os agbês como instrumentos de magia das sereias de rio”, esclarece Júnia.

Sobre a personagem, a criadora explica: “A Sereia Luzia é uma colhedora de lágrimas. Ela colhe as lágrimas dos seres, tira o sal e com o doce das lágrimas rega os rios. Assim renova as águas dos rios e cura os sentimentos das pessoas. No fundo do Rio, como aprendi no Seu Estrelo, mora a Dona Eternidade, mãe dele, então esses sentimentos seguem doces com ela”.

O projeto além das oficinas

As aulas de agbês fazem parte de um projeto maior, que conta com fomento do FAC e tem como foco a montagem do espetáculo “Sereia Luzia da Estrela Molhada”. A peça terá cinco apresentações gratuitas que estão previstas para acontecer nos meses de junho e julho, em diferentes pontos do DF. De acordo com Júnia, “o espetáculo traz a dança e a percussão popular brasiliense, mergulhadas na mitologia das sereias de rio do cerrado e em músicas autorais”.

Serviço – oficina de Sereiada

Data: 18 e 19 de fevereiro

Horário: das 19h às 21h

Local: Espaço Cultural Renato Russo (508 Sul)

Inscrições: http://www.espacoculturalrenatorusso.com.br/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.