Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by whitelisting our website.
  • 4 de dezembro de 2022 09:06

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Super-heroína “Ju Sem as Mãos” trará a inclusão de deficientes para o mundo dos Gibis

61brasilia

By61brasilia

ago 18, 2020
Advertisement

Super-heroína “Ju Sem as Mãos” trará a inclusão de deficientes para o mundo dos Gibis

De uma forma lúdica, a estilista Juliana Santos quer formar um squad com super-heróis deficientes e com poderes de transformar o mundo

Com uma trajetória marcada por superação, a estilista Juliana Santos se considera uma fênix e se prepara para lançar um Gibi liderado pela Super-heroína “Ju Sem as Mãos”, que compartilhará histórias de realização e conquistas de deficientes bem-sucedidos.

A personagem principal dos quadrinhos, com assinatura do cartunista Gabriel Rodrigues, passou por uma bola de fogo e ganhou poderes especiais, passando a transformar a vida de quem estava ao seu redor.

“Fui jogada no fogo e do fogo renasci.

E sempre que a vida me joga de novo eu renasço mais forte e resiliente.

Desistir nunca foi uma opção para mim.

Aos quatro anos tive queimaduras em várias partes do corpo, perdi os dedos da mão esquerda e dos pés. Minha mãe biológica me abandonou no Hospital de Queimaduras, e fui adotada ainda no Hospital por uma família maravilhosa. Sofri bullying na infância e adolescência, mas sempre fui incentivada a lutar por meus sonhos e objetivos, a não desistir”, conta Juliana Santos, que é reconhecida no país pelos vestidos de noiva que assina.

Para dar visibilidade ao projeto e conseguir uma editora para publicar sua obra, a estilista decidiu contar suas histórias por meio do humor e de vídeos curtos no TikTok @jusemasmaoss, onde acabou criando a série “Peripécias da Ju”.

Com um rápido crescimento – de 35 mil seguidores em maio para 160 mil hoje, e vídeos com mais de um milhão de visualizações, ela tem atingido crianças e adolescentes que se identificam e se sentem mais confiantes para lidar com as suas deficiências.

“Quero mostrar que pessoas com deficiência são iguais a qualquer pessoa. Mesmo com nossas limitações, temos muito a oferecer e só queremos ser tratados com respeito. E, como mãe, acredito que podemos mudar a educação a partir de nossas crianças.

O gibi será, principalmente, para as crianças com deficiência se verem e se sentirem representadas”, reforça Juliana Santos, que é mãe de Miguel (7), Pérola (4) e Aurora (1).

Squad

O gibi também trará a história de Milena Struck, eleita Miss Universo Infantil 2019, e que possui agenesia de antebraço, e de outras pessoas reais que são inspiradoras e buscam a inclusão.

“Amo esse mundo de super-heróis, principalmente o fato de que eles têm sempre uma identidade secreta, de uma pessoa comum, e que lutam para defender o mundo e ajudar outras pessoas. Por que não pessoas com deficiência também? Afinal, é por isso que lutamos: para que nos vejam acima de nossas deficiências.

A minha família me ensinou a superar as adversidades e retirar o melhor de cada obstáculo”, afirma Juliana Santos.

Produtos personalizados

Para dar vida ao projeto “Ju Sem as Mãos”, a estilista tem aproveitado o seu dom para criar produtos com renda 100% revertida ao projeto. Ela tem desenvolvido tênis e camisetas customizadas para levantar o valor inicial necessário para finalizar a primeira edição do Gibi.

“A sinergia com o Gabriel (cartunista) foi enorme. Ele entrou de cabeça no projeto e desenvolveu essa super-heroína que trará tantas boas histórias para motivar crianças e jovens deficientes, além de ajudar as próximas gerações a terem um olhar de respeito, compaixão e igualdade em relação ao próximo, seja ele como for”, destaca Juliana Santos.

Os produtos assinados pela estilista Juliana Santos podem ser comprados diretamente pelo perfil

@jusemasmaoss no Instagram

(https://www.instagram.com/jusemasmaoss/)

TikTok (https://www.tiktok.com/@jusemasmaoss?lang=pt_BR).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.