• 29 de junho de 2022 06:02

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Valeria Souza

Em prol das vidas de quatro patas

61brasilia

By61brasilia

fev 23, 2021
Advertisement

Em prol das vidas de quatro patas

Protetora Eudas Honorata e voluntárias promovem ação solidária para ajudar animais que vivem em situação precária no abrigo Honorattinhos do Brasil, em Luziânia (GO)

A minha alma gêmea tem quatro patas, um focinho e pelos” (A.D). A frase de amor e de solidariedade representa o carinho e a dedicação das protetoras Alessandra Cristina de Figueredo Leite e do “anjo salvador”, como é conhecida, Eudas Honorata de Freitas. Juntas, elas se “viram nos trinta” e realizam um lindo e eficiente trabalho para manter um abrigo que resiste ao tempo e às precárias condições.

Há 13 anos, o Honorattinhos do Brasil faz história em Goiás. Localizado no Parque Mingone 2, em Luziânia (GO), o abrigo passou e passa por inúmeras necessidades. Falta de jornais para os bichinhos e de cuidados médicos entristecem quem passa por lá e vê os 101 cachorros e 15 gatinhos com graves problemas de saúde. Há ainda falta de espaço. A protetora Eudas, dona e responsável pelo local, cuida dos 116 animais em uma chácara pequena.

Mesmo em tempos de pandemia, no entanto, a servidora pública de 50 anos, Alessandra Cristina, ajuda há mais de dois anos o local. Por meio de postagens no Instagram do abrigo (@honorattinhosabrigo) e de mensagens no WhatsApp, a desde sempre amante dos animais – o amor veio da infância – procura recolher o básico para manter o lar. Além de ajudar financeiramente, Alessandra realiza bazares virtuais para arrecadar dinheiro para o abrigo que sofre ameaças por ser pequeno demais para abrigar todos os bichinhos. Já Eudas luta diariamente para manter o local e suas necessidades básicas.

O que for preciso farei pelos nossos animais, que são minha vida. Sem dinheiro para comprar ração e comida, já dividi um prato de angu com os bebês (bichinhos) ”, conta Eudas, emocionada.

Como se não bastasse, a chácara da protetora foi ainda saqueada em 2020. Assaltantes levaram tomadas, vaso, chuveiro, fiação e telhas.

Temos todos os tipos de problemas. O mato do local está alto, a casa precisa ser pintada. Além do que queríamos muito fazer um canil para o máximo possível de cachorros e um gatil. Infelizmente, roubaram até a bomba da cisterna”, relata Eudas.

Exemplo de humanidade, a protetora que cuida sozinha dos animais tem ainda tido mal-estar e cansaço.

Aproveitando o embalo da Lei 6.787/2021 sancionada pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha e que proíbe a manutenção de animais em correntes ou objetos que prejudiquem a saúde e o bem-estar dos mesmos, Eudas e Alessandra fazem um pedido de socorro à população de todo o DF e de Goiás para manter o abrigo.

Quem puder ajudar, seja com jornais, ração ou mesmo com amor já ficaremos gratas. Na pandemia, as condições ainda pioraram e vemos muita crueldade, descaso e desrespeito com nossos bichinhos”, declara Eudas, aflita.

Serviço – Saiba como ajudar

Quem puder contribuir com essa ação solidária pode encaminhar doações para a

conta: Agropecuária Laço de Ouro

Caixa Econômica, agência 3189,

conta corrente 586-1,

operação 003,

CNPJ: 10.759.095/0001-85.

O contribuinte deve enviar o comprovante para a Alessandra encaminhar à loja.

Contatos com Alessandra: Alessandra (61) 98199-2700 (WhatsApp).

Há ainda a opção de encaminhar para a conta da protetora ,

Eudas Honorata de Freitas

Caixa Econômica,

Agência 4167,

Conta Poupança: 602939-8,

Operação 013,

CPF: 429.009.051-68 

Banco do Brasil

Agência 3476-2

Conta Poupança: 31.772-1

o PIX é o 429.009.051-68 

ou falar pelo direct do Instagram do abrigo: (@honorattinhosabrigo).

Endereços para entrega das doações:

SQN 108 Bloco G , deixar na portaria para a moradora Alessandra;

SQN 312 Bloco F, deixar na portaria para a moradora Fernanda e

SQS 204 Bloco D, deixar na portaria para a moradora Eunice.

Ficamos muito gratos. Acho que juntos somos mais fortes e podemos salvar os bichinhos”, agrade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.