• 21 de maio de 2022 05:22

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Brazlândia é opção de destino turístico para todos os gostos

61brasilia

By61brasilia

jul 21, 2021
Advertisement

Brazlândia é opção de destino turístico para todos os gostos

Com jeitinho de interior, a cidade oferece atrativos que passam pela gastronomia, ecoturismo, turismo religioso e agroturismo

Brazlândia é um dos principais roteiros turísticos do Distrito Federal.  A afirmação encontra respaldo para além das tradicionais festas do morango e da goiaba, que atraíam cerca de 200 mil pessoas por dia, segundo a administração local, antes da pandemia.  A cidade oferece também experiências em diversos segmentos: rural, religioso, gastronômico, de aventura, de contemplação, ecoturismo e artesanato, tudo com o jeitinho de cidade do interior, cercada de verde por todos os lados.

Com o objetivo de impulsionar o turismo local, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) criou, em abril deste ano, a Casa do Turismo, onde vai funcionar a Loja do Artesão, o Centro de Atendimento ao Turista e o Museu de Brazlândia. A estrutura está localizada à beira do lago Veredinha, um dos principais cartões postais da cidade e será importante para oferecer novos recursos e orientar moradores e visitantes quanto às atrações turísticas disponíveis na região.

Equipe da Secretaria de Turismo na Casa do Turismo. Foto: Cláudio Gerber/Setur-DF

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, destacou o trabalho que vem realizando no mapeamento, estruturação, qualificação e promoção da cadeia turística em todas as regiões administrativas. “Ao criar a Casa do Turismo, pretendemos que todas as pessoas que residem em Brazlândia e as que a visitam possam percebê-la como um destino turístico imperdível, uma cidade turística com possibilidade de experiências inesquecíveis, seja na gastronomia, ecoturismo, turismo religioso ou agroturismo”, justifica a secretária.

Ecoturismo

Brazlândia foi criada em 5 de junho de 1933 e possui hoje em torno de 54 mil habitantes, segundo a administração local. Uma das vocações turísticas naturais da cidade é o ecoturismo. A cidade tem o lago Veredinha, a barragem do Rio Descoberto, que fornece mais de 60% da água do DF e mais de 100 cachoeiras mapeadas. Dentre as mais conhecidas estão o Poço Azul e a Chapada Imperial.  Essas características fazem da região administrativa um importante centro de ecoturismo e turismo de aventura e contemplação. Por isso, várias propriedades se estruturaram para receber visitantes dispostos a ter diversas experiências com a natureza, como o Recanto do Jequitibá.

Brazlândia abriga grande parte da Floresta Nacional de Brasília. Da área total de 9.346 hectares da flora, 5.992, aproximadamente, estão dentro da região administrativa.  Dois trechos do Projeto Caminhos do Planalto Central passam pela cidade, com trajetos que fazem ligações com trilhas do Brasil inteiro. O projeto compreende um conjunto de mais de 400 quilômetros de trilhas em todo o DF, para caminhantes, ciclistas e cavaleiros, com pontos de relevante interesse ambiental e histórico. Oportunidade única para conhecer a região e ter experiências de ecoturismo. 

Cinturão verde

Brazlândia é uma das principais produtoras de morango do DF. Foto: Cláudio Gerber/Setur-DF

 A abundância de água favorece o título de um dos cinturões agrícolas da região. Brazlândia é uma das principais produtoras de morango, goiaba, leite e hortifrutigranjeiros. Segundo dados da Emater-DF, há cerca de 2,8 mil propriedades rurais que produzem 34% do que é consumido em todo o DF, sendo que o morango é o carro-chefe. A cidade está a 45 km do Plano Piloto e é a primeira produtora da fruta no Centro-Oeste.

A tradicional Feira do Morango acontece entre a última semana de agosto e a primeira semana de setembro. Durante o evento, os turistas se encantam com uma incrível variedade de receitas à base da fruta. O evento chegou a receber mais de 200 mil visitantes, antes da pandemia. Entre as atrações da feira estão: shows musicais, parque de diversões e apresentações culturais. Além do morango, a região também se destaca pela produção de goiaba e leite.

Turismo religioso

Santuário Arquidiocesano do Menino Jesus. Foto: Cláudio Gerber/Setur-DF

A cidade abriga o segundo maior templo religioso do país: O Santuário Arquidiocesano Menino Jesus. A igreja tem proporções monumentais com capacidade para acolher aproximadamente 6 mil pessoas sentadas e até 15 mil distribuídas pelas galerias internas. Ela é formada por seis pavimentos, uma torre frontal, duas torres laterais e uma cúpula com trinta e três metros de altura. O interior do santuário ostenta o maior quadro da Santa Ceia em alto relevo do mundo, com dimensões de 20×7 metros.

O templo é o destino final do roteiro religioso Caminho da Fé, criado pela Lei nº 6.781, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, no dia 12 de janeiro de 2021. A rota começa em Taguatinga, passa pelo Centro de Evangelização Renascidos em Pentecostes, em Ceilândia, e termina no Santuário Arquidiocesano Menino Jesus.

A Setur-DF incluiu o Santuário na Rota da Paz. Um mini guia que apresenta os principais templos de diversas correntes religiosas e celebra uma Brasília ecumênica, que abraça e respeita as diferentes manifestações espiritualistas, doutrinas e religiões. Além disso, a cidade, em breve, vai ganhar um mini guia com suas principais rotas turísticas, que está sendo produzido pela Secretaria de Turismo do DF. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.