• 25 de maio de 2022 22:52

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Minha Cadeira

Inmetro terá laboratório de teste de baterias para carros elétricos

61brasilia

By61brasilia

set 1, 2021
Advertisement

Inmetro terá laboratório de teste de baterias para carros elétricos

Parque será o primeiro da América Latina voltado para o segmento

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) anunciou a instalação, em Duque de Caxias (RJ), do primeiro laboratório privado para ensaios de baterias para carros elétricos do Brasil. O parque tecnológico, o primeiro da América Latina a estabelecer requisitos para veículos híbridos e elétricos, será instalado no Campus do Inmetro, que abriga 57 laboratórios de alta tecnologia.

De acordo com o Inmetro, o principal objetivo do projeto é “viabilizar uma infraestrutura de qualidade robusta para o segmento de veículos elétricos, dada a velocidade com a qual esse mercado vem crescendo no mundo e, particularmente, no Brasil, onde há projeção de que 60% da frota será composta por veículos elétricos e híbridos”.

A expectativa é que o laboratório comece a operar em 2023. Além da importância para o mercado interno – que, segundo o instituto, deverá, até 2035, ser composto em sua maioria por esse tipo de veículo – o laboratório poderá atuar externamente, por meio da exportação de tecnologia e conhecimento a outros países.

O memorando de entendimento que dará início ao projeto foi assinado nesta terça-feira (31) em Brasília. “O Brasil tem capacidade técnica para contribuir para o desenvolvimento de requisitos de segurança, pois a alta temperatura e o risco de incêndio são entraves da tecnologia, além de aprimorar técnicas já experimentadas de qualidade e autonomia”,disse o presidente do Inmetro, Marcos Heleno Guerson.

Fundamentada no Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, a iniciativa é produto da interação entre empresas, universidade e governo, diz o Inmetro. “Ele [o Marco] vem para tentar incluir o setor privado nesta equação, colocando essas três partes trabalhando juntas pela inovação”, acrescentou Guerson durante a cerimônia de assinatura do memorando.

Caberá ao Inmetro, além de ceder espaço no Campus de Laboratórios, treinar especialistas para manter a rastreabilidade, desenvolver requisitos e programa de acreditação e apoiar a normalização nacional ou regional, em alinhamento com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e com a Cooperação Interamericana de Acreditação (IAAC).

A certificação é um dos aspectos dessa infraestrutura da qualidade, mas não é o único. De acordo com o Inmetro, inicialmente o laboratório terá, por objetivo, fazer testes em baterias, para auxiliar o setor produtivo na fabricação de itens seguros e com bom desempenho. “A partir disso, pode-se estabelecer requisitos mínimos a serem cumpridos e chegar a um processo de certificação”, complementou.

da Agência Brasil – Brasília

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.