• 29 de junho de 2022 00:25

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Cappuccino

Redução no ritmo de aumento da Selic foi acertada, afirma CNI

61brasilia

By61brasilia

mar 16, 2022
Advertisement

Redução no ritmo de aumento da Selic foi acertada, afirma CNI

Alta de 1 ponto percentual compromete menos a recuperação da economia. O momento

atual exige cautela na política monetária

Confederação Nacional da Indústria (CNI) considera acertada a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, pela redução do ritmo de aumento da taxa básica de juros (Selic), para 1 ponto percentual. De acordo com o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, a elevada incerteza no cenário internacional e o enfraquecimento da atividade econômica pedem cautela e redução do ritmo de elevação da taxa de juros.

“Um ritmo menor no aperto da política monetária compromete menos a recuperação da economia. O momento é de cautela. Além disso, a taxa de juros definida é suficiente para dar continuidade à trajetória esperada de queda da inflação até o final deste ano”, explica o presidente da CNI.

Antes mesmo da reunião do Copom de hoje, a taxa real de juros da economia brasileira, de 5,1% ao ano, já estava acima da taxa de juros real neutra, estimada em 3,5% ao ano. O Brasil passou a ter uma política monetária contracionista, que limita a atividade econômica, ao mesmo tempo em que deve desacelerar a inflação.

A CNI avalia que há dois fatores adicionais que vão ajudar a conter a inflação: a valorização do real em relação ao dólar e a recente redução nas alíquotas do IPI, que deve reduzir, ou pelo menos desacelerar, os preços dos produtos industriais.

O conflito na Ucrânia, por sua vez, pode trazer nova pressão sobre a inflação, mas também deve afetar negativamente o crescimento econômico brasileiro nos próximos meses, com o enfraquecimento das exportações e a escassez de insumos. “Esse é mais um elemento de risco a expansão do PIB deste ano”, explica o presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.