• 29 de junho de 2022 06:34

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Paulo Octavio marco 2022

Festival de Música Instrumental homenageia Toninho Maya.

61brasilia

By61brasilia

abr 5, 2022
Advertisement

Festival de Música Instrumental homenageia Toninho Maya

A programação será composta por lives musicais, bate-papo com artistas,lançamento de EPs e publicação de livro.

O Instituto Rosa dos Ventos apresenta o Festival de Música Instrumental Toninho Maya, que acontece entre os dias 7 e 30/04. Os encontros ocorrerão de modo virtual, com lives musicais apresentadas via no canal de Youtube da Rosa em parceria com a TV Comunitária.

E para coroar esse encontro, um EP composto de 6 faixas do Grupo Artimanha – criado por Maya e pelo Maestro Rênio Quintas – será lançado ao fim do projeto. Além disso, o festival produz o livro de prosa e poesia Frases Soltas com textos do homenageado, e um segundo EP dividido entre 8 faixas do álbum Sons e outras 6 do disco Artimanha.

Com essa proposta, o festival Toninho Maya apresenta músicos, lança produtos culturais relacionados à obra do artista homenageado e contribui para a divulgação do trabalho autoral local. Stéffanie Oliveira, presidente da Rosa dos Ventos, explica um pouco sobre o conceito do projeto: “ademais de uma evidente e necessária homenagem póstuma prestada ao grande Toninho Maya, o projeto nasce com essa preocupação de trazer à luz os nomes e os trabalhos de nossa classe artística do DF. A ideia é mostrar o que o Quadrado pode oferecer de música e poesia à comunidade, bem como colocar esses nomes e essas obras em evidência com uma infraestrutura de qualidade e ampla divulgação”.

O Festival de Música Instrumental Toninho Maya tem realização do Instituto Rosa dos Ventos com produção da Ponte Studio Gravações Ltda, e conta com o fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

Toninho Maya

Antônio Lemos Maya Viana Filho era guitarrista, violonista, compositor e arranjador. Natural de Abaetetuba, no Pará, dedicou 43 anos à música, dividindo as atividades entre a produção cultural e o trabalho como bancário. Viveu na Colina, UnB, onde conheceu expoentes do rock local, que viriam a integrar a Plebe e Rude e o Capital Inicial. Renato Russo declarou-se fã do trabalho de Toninho.

Entre os parceiros ao longo da carreira, estão bandas como Raimundos, Maskavo Roots, Pato Fu, além de artistas como Renato Matos, Adriano Faquini e Célia Porto. No circuito nacional, acompanhou nomes de peso como Leila Pinheiro, Zélia Duncan, Cássia Eller, Dinho Ouro Preto e Eliete Negreiros.

A vida como violonista profissional começou cedo. Desde 1978, Toninho agregava ritmos brasileiros à vertentes afroamericanas nas composições para as bandas de música instrumental das quais fez parte: Chakras, Artimanha e Ária Tribo. Em função de sua contribuição à cultura local, recebeu, em 2001, o título de Cidadão Honorário de Brasília.

Celeiro de Artistas

O Festival de Música Instrumental Toninho Maya propõe-se como um grande painel da cena instrumental da cidade. Assim, inclui, em sua programação, artistas que iniciaram suas carreiras nacionais e internacionais e em nossa capital. Nomes como Adriano Giffoni, João Bani, Jorge Helder, Widor Santiago, Rênio Quintas, Jorge Helder, Márcio Menezes, Renato Vasconcellos e seus convidados mostram seu trabalho ao público candango.

Serviço: Festival de Música Instrumental Toninho Maya.

Data: de 07 a 30/04.

Local: https://www.youtube.com/c/InstitutoRosadosVentos.

Site: https://www.rosadosventosinstituto.com.br/

Redes sociais: @rosadosventosinstituto.

Programação:

  • 07/04 – Widor Santiago e convidades.

  • 08/04 – Adriano Giffoni.

  • 14/04 – Edilenio e convidades.

  • 16/04 – Jorge Helder e convidades.

  • 21/04 – Rênio Quintas e convidades.

  • 22/04 – Márcio Menezes e convidades.

  • 28/04 – Renato Vasconcelos e convidades.

  • 29/04 João Bani e convidades.

  • 30/04 – Lançamento do livro Frases Soltas e dos álbuns Sons e Artimanha.

*Todos os dias: live musical às 20h e bate-papo com músicos, poetas e comunidade cultural do DF em homenagem a Toninho Maya.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.