Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by whitelisting our website.
  • 28 de setembro de 2022 07:17

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Paulo Octavio marco 2022

Atletas de sete estados disputam provas de saltos ornamentais no DF

61brasilia

By61brasilia

abr 13, 2022
Advertisement

Atletas de sete estados disputam provas de saltos ornamentais no DF

Com apoio do governo local, Universidade de Brasília recebe três eventos da modalidade

Até sábado (16), mais de 150 atletas de sete unidades da Federação, os melhores do país,  estão reunidos nas piscinas do Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da Universidade de Brasília (UnB). Eles participam, desde o início da semana, de três grandes eventos esportivos voltados para essa modalidade, com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEL).

Atletas participam, até sábado (16), de provas no Centro de Excelência em Saltos Ornamentais da UnB | Foto: Gabriel Heusi/Equipe Saltos Brasil

Nesta quarta-feira (13) teve início o Campeonato Brasileiro Grupos A e B de Saltos Ornamentais, com atletas juvenis de 14 a 18 anos.  A competição serve como seletiva do Mundial Júnior, em junho, no Canadá, e dos Jogos Mundiais Escolares Gymnasíade, na China, em novembro.

“É muito incrível acompanhar de perto a dedicação, o comprometimento e a responsabilidade que esses jovens desde cedo desenvolvem, com foco em melhorar suas performances na modalidade. Se depender do Governo do Distrito Federal, cada vez mais todas as modalidades serão fomentadas”Giselle Ferreira, secretária de Esporte e Lazer

Ainda nesta quarta-feira começam as provas do Troféu Brasil de Saltos Ornamentais, com a participação de nomes como Kawan Pereira, Isaac Souza, Ingrid Oliveira e Luana Lira, que representaram o país nos Jogos de Tóquio.

O Troféu Brasil vale vaga para o Mundial de Esportes Aquáticos, prevista para junho em Budapeste, na Hungria; para os Jogos Mundiais Universitários, na China, em julho, e para os Jogos Sul-Americanos, marcados para outubro, em Assunção, no Paraguai.

A Copinha Brasil de Saltos Ornamentais ocorreu nos dois primeiros dias da semana (11 e 12), quando participaram apenas os saltadores das categorias de base, entre 6 e 13 anos.

“É muito incrível acompanhar de perto a dedicação, o comprometimento e a responsabilidade que esses jovens desde cedo desenvolvem, com foco em melhorar suas performances na modalidade. Se depender do Governo do Distrito Federal, cada vez mais todas as modalidades serão fomentadas”, afirma a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira.

Membro do Instituto Bombeiro de Responsabilidade Social (Ibres), que atua no Centro Olímpico de Paralímpico (COP) do Gama, o saltador Isaac Pessoa Júnior disputou provas na Copinha Brasil e no Brasileiro e voltou para casa com duas medalhas de ouro e uma de prata, tendo a possibilidade de conquistar ainda mais pódios nos próximos dias. “Estou gostando de ter a oportunidade de me preparar ainda mais e conseguir outras notas boas na competição”, comemora.

Participam das competições representantes do Ibris, do Centro Olímpico e Paralímpico do Gama e do Instituto Pro Brasil, do DF; do Sesi de Goiás; do Esporte Clube Pinheiros e do Clube Semanal de Cultura Artística, de São Paulo; do Fluminense ed o Instituto Pro Brasil, do Rio de janeiro; do Anado, de Santa Catarina; do Grêmio Vila Olímpica Parahyba, da Paraíba, e do Tuna Luso, do Clube do Remo e do Paysandu, do Pará.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.