Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by whitelisting our website.
  • 28 de setembro de 2022 07:19

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Paulo Octavio marco 2022

Professores serão capacitados para reconhecer sinais de problemas de saúde em crianças   

61brasilia

By61brasilia

abr 29, 2022
Advertisement

Professores serão capacitados para reconhecer sinais de problemas de saúde em crianças 
Iniciativa é promovida pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, com o apoio da Representação no Brasil da UNESCO

Crianças em idade escolar frequentemente passam por problemas de fala, de audição, de respiração e de sono. Para reduzir os impactos negativos dessas situações no desenvolvimento infantil, professores da rede pública e privada do ensino fundamental de Brasília participarão de capacitação gratuita com médicos otorrinolaringologistas nesta sexta-feira (29 de abril).

A capacitação ocorrerá das 10h às 11h30, na sala de treinamentos da escola situada no endereço SMPW quadra 5, conjunto 14, lote 1, Parkway. As inscrições podem ser feitas no local.

A iniciativa, intitulada Caravana Científico-Social, é promovida pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), com o apoio da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). A edição em Brasília abre o calendário desse projeto social voltado ao contexto escolar.

“Uma das missões da ABORL-CCF este ano é o desenvolvimento de ações que promovam a melhoria da saúde da população. Apresentamos a iniciativa para representantes da Secretaria de Educação do Distrito Federal que já estão replicando a oportunidade à sua rede de docentes, mas professores da rede privada também podem se inscrever e participar gratuitamente”, informou o presidente da entidade, Renato Roithmann.

Além do Distrito Federal, a qualificação ocorrerá em mais capitais ao longo do ano, como em Goiânia, Rio de Janeiro, Porto Alegre, entre outras cidades. Até o final de 2022, a expectativa é que mais mil professores sejam capacitados.

Impacto na saúde

Segundo o dirigente da ABORL-CCF, o aprendizado e desenvolvimento global da criança são afetados significativamente quando há alterações de respiração, da audição, da linguagem e do sono.  Mas todas essas consequências podem ser evitadas ou mesmo revertidas se tratadas a tempo. Professores podem ajudar nesse processo, reconhecendo sinais e chamando a atenção dos pais para que procurem o médico otorrinolaringologista para uma avaliação correta.

“É importante que os profissionais da área da educação infantil estejam familiarizados com essas alterações e atentos para alertar os responsáveis da criança para a necessidade de uma avaliação médica o quanto antes. Atuar também com um olhar da saúde é mais uma forma de proporcionar um futuro melhor para as crianças”, afirma Roithmann.

Entre as temáticas abordadas, os médicos otorrinolaringologistas orientarão os profissionais sobre os sintomas comuns em crianças com problemas na audição, como falar gritando, falta de atenção durante as aulas, principalmente quando está sentado mais longe, pedido de repetição constante do que os professores e colegas estão falando, distração frequente, problemas de fala, entre outras.

“A detecção e o tratamento precoce de alterações auditivas garantem à criança o desenvolvimento social, da expressão da linguagem, além de uma melhor compreensão”, esclarece o Dr. Gustavo Subtil Magalhães Freire, presidente da Associação de Otorrinolaringologia do Distrito Federal, parceira da ação.

No aspecto da respiração, por exemplo, os professores serão conscientizados que a identificação e o tratamento de um problema resultarão “em uma melhor qualidade do sono e um desempenho adequado nas mais variadas atividades da criança, tanto física quanto cognitiva, bem como, melhora no desenvolvimento da face e dos pulmões, no desempenho social, no rendimento escolar e na prática esportiva”, complementa o médico.

Inscrições

A capacitação ocorrerá das 10h às 11h30, na sala de treinamentos da escola situada no endereço SMPW quadra 5, conjunto 14, lote 1 Parkway, em Brasília. Os profissionais da educação receberão certificado de participação e uma cartilha produzida pela entidade com os principais exemplos e situações reais que representam um alerta para a necessidade de uma avaliação especializada do otorrinolaringologista.

Interessados em participar também podem se inscrever no local ou pelo link . Mais informações pelo telefone (11) 94268-9840.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.