Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by whitelisting our website.
  • 5 de dezembro de 2022 12:32

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Vacinação de cães e gatos registra recorde

61brasilia

By61brasilia

out 13, 2022
Advertisement

Vacinação de cães e gatos registra recorde

Em 3 meses, campanha imunizou 229.126 animais em todo o DF. Se seu bichinho ficou de fora, confira onde buscar a vacina

A campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos no Distrito Federal bateu recorde em 2022. Entre os dias 6 de julho e 1º de outubro foram imunizados 229.126 animais, sendo 186.664 caninos e 42.462 felinos. A Secretaria de Saúde realizou vacinação em escolas, praças, estabelecimentos privados, universidades e até em um posto de drive-thru.

“A cobertura vacinal de cães e gatos no DF atingiu grandes números de modo a proteger a população contra a raiva”, afirma o diretor substituto da Vigilância Ambiental em Saúde, Laurício Monteiro Cruz. O recorde anterior havia sido em 2012, com 222.226 animais vacinados.

Entre os dias 6 de julho e 1º de outubro foram imunizados 229.126 animais, sendo 186.664 caninos e 42.462 felinos | Foto: Sandro Araújo / Agência Saúde DF

Em 2022, o Distrito Federal registrou seu segundo caso de raiva transmitido para humanos. O anterior havia sido em 1978. Com isso, a campanha foi antecipada e intensificada, com o envio de doses extras de vacina pelo Ministério da Saúde.

Vacinação continua

Apesar do encerramento da campanha de vacinação, cães e gatos a partir dos três meses de vida podem ser imunizados de segunda a sexta-feira (dias úteis) em um dos Núcleos Regionais de Vigilância Ambiental. A lista com os endereços e horários está disponível em Vacinação Antirrábica – Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

“A cobertura vacinal de cães e gatos no DF atingiu grandes números de modo a proteger a população contra a raiva”Laurício Monteiro Cruz, diretor substituto da Vigilância Ambiental em Saúde

Raiva
A raiva é uma doença infecciosa viral aguda que pode ser transmitida aos humanos por mordidas, lambidas ou arranhões de animais infectados. Em praticamente 100% dos casos, o desfecho é o óbito.

No caso de uma mordida de um cão ou gato, mesmo que o animal seja vacinado, é necessário lavar imediatamente o ferimento com água e sabão em barra, procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e comunicar à Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde pelo Disque Saúde, no número 160. Além disso, o animal não deve ser morto, e sim deixado em observação durante 10 dias, em local seguro, para não fugir nem atacar pessoas ou outros animais.

Confira os locais de vacinação
– DIVAL – Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde
AENW, Trecho 2, Lote 4 – Noroeste (ao lado do Hospital da Criança)
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Brazlândia
Área Especial 04, Lote 09, Setor Tradicional (ao lado da administração regional)
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Ceilândia
QNM 15, Módulo D – Área Especial
Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Gama
Área Especial 7 – Setor Central lado leste
Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Guará
Endereço: QE 12 – Área Especial Lote B (em frente ao Centro Espírita André Luiz)
Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Núcleo Bandeirante
Terceira Avenida AE 03 – Inspetoria de Saúde
Às terças, quartas e quintas-feiras, das 9h às 12h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Paranoá
Quadra 3 – Área Especial, Lote 7
Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Planaltina
Quadra 2 – Bloco J, Avenida Independência
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental do Recanto das Emas
Quadra 104/105, Lote 3 – Área Especial Setor Hospitalar
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Samambaia
Quadra 302 – Área Especial, anexo da administração regional
Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 14h às 16h30

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Santa Maria
QR 100, Conjunto T, Lote 3 – atrás do hospital
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de São Sebastião
Rua 47A, Lote 50
Segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Sobradinho
Setor Administrativo e Cultural, Quadra Central – ao lado do Fórum
Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

– Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Taguatinga
QSE 11/13 AE
Segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.