Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by whitelisting our website.
  • 5 de dezembro de 2022 11:25

61 Brasilia

Portal de Notícias de Brasília

Ricardo Almeida assinará ternos da Seleção Brasileira

61brasilia

By61brasilia

nov 19, 2022
Advertisement

Ricardo Almeida assinará ternos da Seleção Brasileira

O estilista foi à Paris fazer os ajustes finais da alfaiataria dos jogadores e comissão técnica no Qatar

O estilista Ricardo Almeida assinará a alfaiataria da delegação da Seleção Brasileira que embarcará para Doha no dia 19 de novembro para a disputa da Copa do Mundo, no Qatar. A união da marca com a CBF reúne autoridade, tradição e reconhecimento. Simboliza ainda duas equipes de referência em seus mercados de atuação que dedicam excelência e paixão aos seus ofícios.

Este será o segundo mundial que Ricardo Almeida vestirá a Seleção Brasileira. Se para a Copa da Rússia, em 2018, o objetivo era resgatar os tempos em que elegância e performance caminhavam juntas, agora, Ricardo Almeida dá um passo além e aposta no estilo e identidade da comissão técnica e jogadores. A busca pelas melhores matérias primas disponíveis no mercado e o perfeccionismo no desenvolvimento de novos moldes e shapes, aliados ao conforto e estética autoral, são alguns dos elementos que destacam a cultura de excelência da marca e a alma detalhista do estilista.

“A evolução dessa parceria se deu por conta da união de tradições e valores entre ‘times’ que são especialistas em seus segmentos. Assim como a seleção tem seus jogadores que treinam em busca do melhor resultado em campo, nosso trabalho é firmado no incentivo e dedicação máxima em tudo o que nos propomos realizar. Dia após dia, inconformismo, técnica, ajuste fino e paixão são elementos que nos levam a perfeição. Se a Ricardo Almeida é referência no ‘campo’ da moda, a Seleção Brasileira é maioral no futebol, a única pentacampeã do mundo”. Define o empresário e estilista que, para conceber os 75 trajes sob medida, contou com um time de mais de 50 pessoas.

“Ricardo Almeida é um dos maiores nomes da moda brasileira e nos orgulha realizar essa parceria com esse ícone da alfaiataria nacional. O resultado ficou ótimo e tenho a certeza de que a delegação brasileira estará bem representada e elegante na chegada ao Qatar para a disputa da Copa do Mundo, em novembro”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues

Tanto no estilo, quanto na produção, a confecção das peças driblou alguns desafios para desenvolver com maestria um traje cuja modelagem e caimento sanasse as necessidades das diferentes proporções dos corpos dos atletas. Para que fosse possível chegar à perfeição, foram feitas entre quatro a cinco provas com todos jogadores e demais membros da equipe. O resultado quebrou a seriedade convencional da alfaiataria masculina, imprimiu a identidade espirituosa dos jogadores e criou uma solução fresca para se adequar ao clima quente e desértico da região.

“Moda é um reflexo comportamental da sociedade, haja visto que, após a pandemia, as roupas ficaram mais soltas e o conforto passou a ser ponto essencial para decisão de compra. Para criar é necessário levar em consideração a atmosfera do momento. No caso desse projeto tudo foi feito ‘a quatro mãos’. Quando a nova parceria foi definida, conversamos e estabelecemos juntos qual era direção a seguir: homenagear o país sede e trazer símbolos que remetessem à cultura brasileira.”, define Ricardo.

Assim como em 2018, o look dos atletas terá detalhes diferentes ao da comissão técnica. Enquanto os jogadores usarão uma camisa de linho em gola Mao e uma echarpe de algodão leve com trama aberta – referência aos lenços masculinos da região (ghutra), porém com formato de uso ocidental – a comissão manteve o estilo clássico com camisa de algodão em microdesenho xadrez e gravata de seda.

A autenticidade das composições se complementa através da extensa pesquisa das referências artísticas, arquitetônicas, urbanísticas e a paisagem desértica do Qatar.

Clássico das peças de Ricardo Almeida, a estampa paisley está presente no forro do terno. Feito em viscose e desenvolvida exclusivamente para a ocasião, ela reúne elementos culturais dos dois países e do futebol, representando outra etapa fundamental na criação da identidade do costume.

“As duas bandeiras são compostas de elementos geométricos. A estética do Qatar encontra os elementos da arte indígena e da natureza brasileira, junto com as taças dos mundiais e bolas de futebol. Uma estampa rica em detalhes e homenagens ao país sede” resume o estilista.

Além do encontro de soluções para um terno contemporâneo, elegante e das homenagens presentes em todos os detalhes, o resultado da alfaiataria impecável só foi possível por conta da expertise de quase 40 anos de Ricardo Almeida e seu método exclusivo de modelagem.

Sobre a marca Ricardo Almeida:

Considerada um dos maiores nomes do mercado, a marca Ricardo Almeida é referência quando se fala em moda masculina no país. Há quase 40 anos trilhando um sólido caminho de sucesso baseado na alfaiataria. Atualmente com linhas feminina, masculina e casual conta com 750 funcionários, 21 lojas próprias, mais de 92 multimarcas nas principais capitais do país e um e-commerce onde pode-se vivenciar a experiencia do atendimento Ricardo Almeida a qualquer hora e lugar.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.