22.5 C
Brasília
terça-feira, abril 16, 2024

Aula gratuita do projeto Redes DigitALL ensinará como tornar a internet mais acessível para PCDs

Date:

Share post:

Iniciativa da Fundação Bunge trará o Movimento Web para Todos para abordar diretrizes, soluções e casos práticos e diversos de acessibilidade.O projeto Redes DigitALL, iniciativa da Fundação Bunge, realizará no dia 2 de março, das 19h às 21h, uma aula em parceria com o Movimento Web para Todos sobre como superar os desafios da acessibilidade digital para construir uma internet mais inclusiva para pessoas com deficiência.
O encontro é virtual (via Teams), gratuito e aberto ao público interessado em aprender sobre conceitos básicos e conhecer, na prática, como quem vive com deficiências variadas interage na web.
As inscrições podem ser feitas clicando aqui.

Serão duas horas com o conhecimento de Simone Freire, idealizadora do Movimento Web para Todos, que reúne dezenas de organizações; e o embaixador do Movimento, Leonardo Gleison, atualmente Engenheiro de Software no Nubank e dono do Inclunet, um canal no YouTube onde divide com sua esposa, Camila, também cega, a apresentação de experiências de um casal que não enxerga na sociedade contemporânea.

Leonardo Gleison abordará as principais barreiras e o papel de profissionais de desenvolvimento na modificação desse cenário. Também mostrará na prática a diversidade de pessoas e deficiências que precisam ser levadas em conta para uma internet mais acessível, que promova também inclusão social. “O computador e a Internet representam um enorme passo para a inclusão de pessoas com deficiência, que podem estudar, trabalhar, fazer compras, pagar contas, compartilhar experiências e conhecimento, sem necessidade de deslocamento”, lembra Cláudia Buzzette Calais, diretora-executiva da Fundação Bunge, sobre a importância deste acesso.

A participação de Simone Freira será para descomplicar as Diretrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web (WCAGs, em inglês). Ela vai mostrar como está estruturado o documento que reúne as principais instruções adotadas internacionalmente, além de mostrar exemplos práticos de como aplicá-las, orientações sobre como validar o trabalho realizado e indicações de fontes de informação que profissionais de desenvolvimento devem ter sempre por perto.

Acessibilidade Digital é a eliminação de barreiras na Web para que sites e portais sejam projetados de modo que todas as pessoas possam perceber, entender, navegar e interagir de maneira efetiva. No Brasil, segundo o Censo Demográfico do IBGE de 2010, há aproximadamente 45 milhões de pessoas que apresentam pelo menos uma das deficiências investigadas. Esse número representa 23,9% da população brasileira. 

O Projeto Redes
Reforça a empregabilidade como ferramenta de inclusão social por meio de formação e apoio. O Redes DigitALL é uma parceria com o Programa Oracle Next Education e é focado na área de tecnologia. O projeto é direcionado a maiores de 18 anos que tenham concluído ou estejam cursando o Ensino Médio. Também é necessário que o(a) interessado(a) tenha um computador com acesso à internet disponível para seu uso, pois as aulas são online (e gratuitas). Na seleção, são priorizados grupos minorizados como mulheres e pessoas negras.
A formação inclui conteúdo técnico (disponibilizado pelo Programa Oracle Next Education), empreendedorismo e aspectos socioemocionais com desenvolvimento pessoal. Os currículos dos alunos integram os bancos de vagas da Fundação Bunge e do Programa Oracle Next Education e serão trabalhados por um agente de empregabilidade do projeto Redes, que busca eventuais oportunidades de emprego na área de tecnologia.

Sobre a Fundação Bunge
A Fundação Bunge, entidade social da Bunge no Brasil, há mais de 60 anos atua em diferentes frentes com o compromisso de valorizar pessoas e somar talentos para construir novos caminhos. Suas ações estabelecem uma relação entre passado, presente e futuro e são colocadas em práticas por meio da preservação da memória empresarial (Centro de Memória Bunge), do incentivo à leitura (Semear Leitores), do voluntariado corporativo (Comunidade Educativa), do desenvolvimento territorial sustentável (Comunidade Integrada) e do incentivo às ciências, letras e artes (Prêmio Fundação Bunge). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Tai Chi em Brasília: Cinco Décadas de Saúde e Harmonia com o Mestre Moo Shong Woo

Desde 1974, o legado do Grão Mestre transforma vidas e fortalece a comunidade com práticas de bem-estar e...

Senado discute PEC que altera política de drogas no país

Proposta prevê tratamento diferenciado para usuários e traficantes, mas critério ainda é controverso A PEC das Drogas será votada...

Novo ajuste do salário mínimo para 2025

Governo propõe aumento de 6,37% , elevando para R$ 1.502, e define meta de déficit zero para o...

Brasília, 64 anos: cada vez mais lúcida

Na véspera da decisão da Copa do Mundo de 1970, na qual o Brasil foi campeão, a escritora...