25.5 C
Brasília
sábado, abril 13, 2024

Carlos Hiram, Presidente do SECOVI-DF, fala sobre as perspectivas imobiliárias para 2018.

Date:

Share post:

Carlos Hiram, Presidente do SECOVI-DF, fala sobre as perspectivas imobiliárias para 2018

O ano de 2018 têm tudo para alavancar as vendas de imóveis no país, e principalmente na capital federal, conhecida por ter um dos metros quadrados mais caros do país. 

Por Lorena Braga

Com a melhora da taxa de desemprego, controle da inflação e, sobretudo, a continuidade da redução da taxa de juros, faz com que empresários do setor vejam o mercado crescer esse ano. O presidente do Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI-DF), Carlos Hiram Bentes David respondeu algumas perguntas da redação sobre o mercado imobiliário para esse ano.

Presidente do SECOVI-DF, Carlos Hiram Bentes David.

61Brasília:  O que os empresário e investidores podem esperar do mercado imobiliário esse ano?

O ano de 2018 é um ano atípico, com muitos feriados, copa do mundo, eleições e segundo turno. Teremos menos dias úteis e isso afeta o setor produtivo. Mas a despeito desse quadro, o alinhamento da economia e a aprovação de algumas reformas pelo governo trazem resultados benéficos. Isso aliado a juros mais baixos (menor taxa Selic da história), disposição para o crédito imobiliário e inflação sob controle, nos leva a crer em um mercado bem mais ativo e pujante em 2018.

61Brasília:  Para quem deseja ter um imóvel próprio qual o momento certo, numa visão econômica? O melhor período do ano?

Acredito que o momento de investir em imóveis é agora, antes da recuperação dos preços. Ainda há muita oportunidade, mas os estoques estão baixos e diminuindo, o que nos leva a crer que os preços reagirão. Quanto ao melhor período do ano, é uma observação interessante: embora pouco percebido, o mercado de Brasília tem uma sazonalidade, ficando menos ativo nos meses de dezembro, janeiro e até o carnaval. A partir de março a demanda aumenta e há maior realização de negócios. Só volta a desacelerar nas férias escolares de julho.

61Brasília:  Quais os indícios que a economia nos dá para um bom investimento em imóveis?

A taxa Selic baixa. Ela influencia o custo do dinheiro também para o mercado imobiliário, tanto na produção quanto para o consumidor final que se torna mutuário pagando prestação mais baixa. Mas temos outros fatores, bastante animadores como a baixa inflação sob controle, disponibilidade de recursos para o financiamento imobiliário, diminuição do nível de desemprego e um governo com decisões centradas e acertadas no campo econômico.

61Brasília:  Qual está sendo o melhor negócio: investir em um imóvel na planta ou pronto?

O imóvel pronto permite o uso imediato seja para renda ou para sair do aluguel. É um retorno importante, mas exige o pagamento no ato. Já o na planta oferece maior dilação e condição de pagamento, mas só se usufruirá do imóvel no futuro, contra a entrega. Além de financiar a obra, o comprador é parceiro no risco. Por esses fatores, nesse tipo de investimento deve se ter em mente que para um bom retorno, o custo deve ser abaixo do que um similar pronto.

Divulgação.

61Brasília:  Qual o conselho que o senhor dar para quem  quer investir no mercado ainda esse ano?

Que o faça no início do ano aproveitando o baixo custo do dinheiro e as ótimas oportunidades que ainda estão disponíveis. Negocie sempre, faça proposta e tenha sempre em mente que o imóvel é o investimento mais seguro e o único que oferece além da valorização, uma renda mensal.

SERVIÇO:

SECOVI-DF Sindicato da Habitação

61 3321-4444/3225-0899

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Dia D de Vacinação no DF: Mais de 90 Pontos Disponíveis neste Sábado

Neste sábado, 13 de abril, mais de 90 pontos de vacinação estarão disponíveis no Distrito Federal, marcando o...

Brasília recebe parque temático DC Superpets para animais de estimação

Quem adora pets vai se encantar com um parque temático, a novidade é o Parque DC Superpets, situado...

Senadora Mara Gabrilli expressa preocupações sobre Consulta Pública da Anvisa relativa a bulas digitais de medicamentos

Entre elas, estão o possível enfraquecimento do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos e os prejuízos à população...

Novas leis penais: Mudanças na progressão de regime e uso da tornozeleira eletrônica

Presidente Lula sanciona legislação que impacta o sistema carcerário brasileiro Na quinta-feira (11), o presidente Luiz Inácio Lula da...