24.5 C
Brasília
quinta-feira, junho 20, 2024

ILKA TEODORO, A SUPER ADMINISTRADORA DA CAPITAL DO PAÍS.

Date:

Share post:

A mulher que transforma o Plano Piloto é jovem, têm belos cabelos e, como as heroínas, é forte e corajosa. Acorda cedo, bem cedo, leva os filhos para a escola, fortalece o corpo, faz pilates, pratica tênis. Sintoniza o canal de notícias no rádio do carro. Revitaliza a capital do Brasil. Diz que é bem diferente administrar a cidade, a casa que nasceu. Pelas lentes do trabalho, e por trás dos bastidores, a mente da brasiliense Ilka Teodoro não descansa. Pelas ruas da cidade, nada passa despercebido por ela. É preciso carinho, afinal, administrar o Plano Piloto, por quem nasceu na cidade é duplamente uma prova de amor. As habilidades super humanas das super heroínas são “fichinhas” perto do que já foi feito. E pelos braceletes da vitória (aqueles que toda personagem têm), muitas revitalizações estão por vir. Leve a cadeira para a varanda e assista de camarote as melhorias da cidade.

 

Em janeiro de 2019, pouco tempo antes, do período fatídico de pandemia, Ilka assumia a Administração do Plano Piloto a convite do governador de Brasília, Ibaneis Rocha, que já conhecia desde a época das eleições pela OAB, em 2012. Na época, ela estava com apenas 40 anos, e acabara de concluir um intenso trabalho de campanha para deputada distrital.

Em três anos e dois meses na Administração, ela afirma que o desafio é mais que sair da zona de conforto. “Aprendo todos os dias por meio da convivência com as pessoas. É gratificante, me enriquece”, disse. Apesar da rotina sem hora para acabar, Ilka não reclama. Afinal, vêm de uma “categoria” de matriarcado, somando ambos os lados, o da mãe Auricélia Caldeira e o do pai José Teodoro, as 16 tias são a inspiração da força da jovem administradora.

Mas a história de liderança começou cedo, bem antes da formação em Direito, em 1999. Ilka sabia desde menina que dentro do seu peito e alma existia a intenção de fazer algo diferente para transformar. Ela lembra que fora representante de classe na escola. Estudou em várias na cidade, como o Marista e a Escola Santa Doroteia. A proximidade com o público começou no 3º semestre de Direito, quando começou a trabalhar com pessoas carentes no Núcleo de Prática Jurídica do UniCEUB , em 1996. E neste ambiente, fixou-se como orientadora e professora, por dez anos. Estudou também Relações Internacionais e Filosofia na Universidade de Brasília – UnB. Ama estudar e é mestranda de Direitos Humanos pela Universidade.

As inspirações são muitas, e, ao falar sobre a candidatura a deputada, ela lembra alguns fatos marcantes que a colocaram no caminho da defesa e garantia dos direitos das mulheres e das causas sociais. Um deles foi aos 13 anos ao assistir ao filme Ilha das Flores, numa sessão de cinema da escola. E o outro foi a morte prematura da vereadora carioca Marielle Franco. Na época, Ilka não venceu as eleições. Perguntada sobre uma nova candidatura, ela ainda não sabe sobre o assunto. Podem vir surpresas por aí.

Otimização do Plano Piloto

Ao assumir a Administração do Plano Piloto, Ilka estabeleceu o mote: otimização do TEMPO, ESPAÇO e RECURSO da cidade. “Foram uns seis meses de diagnóstico, compreendendo o fluxo dos processos, criando formulários, organizando pessoas, orçamentos e espaço. O contrato do aluguel da administração era inviável. Estávamos num espaço grande de sete mil m². Era preciso redimensionar e ficar mais enxutos”, disse.

O amor e o vínculo à cidade facilitaram tantas realizações. Hoje, a administração tem 68 funcionários no quadro. Ilka gostaria que a equipe tivesse o dobro de pessoas. “Os trabalhos são intensos”, afirma. Durante a pandemia, os serviços essenciais foram mantidos, e os ajustes dos atendimentos on-line aumentaram muito a demanda do trabalho. “A pandemia complicou um pouco. Aumentou a demanda. Foi um desafio e tanto”, disse.

 

Assumir a Administrac?a?o do Plano Piloto foi um desafio. Imagens: Administrac?a?o Plano Piloto

Trabalhos intensificados em 2022

Em 2021, algumas obras voltaram a funcionar. Agora, em 2022, estão a todo vapor. Os projetos de restauração de espaços públicos já mostram resultados. Um exemplo disso é a Galeria dos Estados que está totalmente reformada. “Após desabamento do viaduto em 2018, muito próxima à Galeria, a reconstrução foi árdua. Foi como trocar pneu com o carro em movimento. Os comerciantes continuaram com as lojas funcionando na Galeria enquanto a obra estava em andamento. O principal objetivo era ter a segurança de volta e isso nós conseguimos”, disse. O reforço da estrutura do viaduto e a reforma da passagem para a Galeria dos Estados, além da Praça da Galeria (onde antigamente funcionava uma churrascaria), foram concluídos com sucesso. “Durante duas semanas, numa parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Distrito Federal, após edital que recebeu mais de 100 artistas inscritos, fizemos arte com grafite na praça. Ficou lindo”, disse Ilka. Aos domingos, o espaço recebe uma feira.

O Setor Hospitalar Sul também foi revitalizado por meio de parceria público-privada e da Campanha Adote uma Praça. “A iluminação foi revitalizada, o asfalto, e uma praça da alimentação foi organizada”, disse. Cliquem aqui para saber sobre a Campanha.

O Setor de Rádio e TV Sul e a w3 sul também foram revitalizados. A lista das próximas obras é grande. A W3 norte, a Concha Acústica na beira do Lago Paranoá e a Praça dos Orixás, ao lado da Ponte Costa e Silva, fazem parte desta lista.

Neste ano, o atendimento presencial voltou à ativa. E os serviços online, instituídos durante a pandemia, continuam funcionando.

A JOVEM ILKA

Ilka Teodoro nasceu no dia 9 de maio de 1978 em Brasília. Cresceu na capital, estudou, casou. Ao lado do marido, o empresário e economista, André Venâncio, eles têm dois filhos, a Valentina, 14 anos, e o Antônio, 12 anos.

Ama artes, arquitetura e uma vida discreta. Este tripé fez com que ela realizasse há sete anos o sonho de construir uma casa para os dias de descanso num área rural próxima a Brasília. O projeto de paisagismo da casa com expectativa de ficar pronto em dez anos foi motivo de reportagem do jornal The New York Times. Desse tempo, falta pouco: mais três anos e o paisagismo que desenvolve o projeto de restauração do bioma cerrado estará completamente pronto. Este paisagismo está sendo realizado por Mariana Siqueira, que incialmente, pediu pelo menos de 3 a 5 anos para pensar no projeto. “Eu dei 10 anos para ela. Queria algo muito especial, de valorização do Cerrado”, disse Ilka.

“Já tínhamos esse terreno há muito tempo e em 2014, decidi que queria construir uma casa de final de semana, um refúgio. O projeto foi inspirado numa viagem ao Uruguai. O hotel Fasano Las Piedras era exatamente do jeito que queria, com a arquitetura brutalista, que mescla o concreto pesado integrado à natureza. É menos rebuscado, mais frio e minimalista”, disse.

 

O projeto da casa, executado pelo Bloco Arquitetura, formado por Daniel Mangabeira, Mateus Seco e Henrique Coutinho, foi construído em um ano. O primeiro projeto fora rejeitado por Ilka. “A minha referência era o hotel no Uruguai. Coincidência que fora projetado pelo brasileiro Isay Weinfeld, o mesmo do B Hotel, aqui em Brasília”, disse.

 

Durante a pandemia, a casa foi o refúgio para a família e os três gatos: o Pequeno, o El Loco e a Nevasca. Os filhos dizem que Ilka é exemplo de mãe. “Foram as minhas crianças que mostraram que a gente educa muito mais pelo exemplo do que pelas palavras”, diz Ilka. “Algumas frases me marcaram. Uma vez, Antônio disse: mamãe, você não consegue brigar com a gente, nem adianta. E a Valentina, disse, que inspiro ela. Então esses 14 anos de maternidade me ensinam, vem me moldando”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Sucesso do Jantar Temático de Gastronomia Calabresa “SABOREIA A VIAGEM À CALÁBRIA”

Organizado pela *Monardo Café & Viagens*, que há 14 anos organiza tours eno-gastronômicos-culturais na Itália, em parceria com...

Ego e Ambição: Certeza de Destruição

Ego e ambição, quando descontrolados, são forças poderosas que podem levar à ruína. Essas duas características, muitas vezes...

É fato: por nós, só nós

Investir nos médicos e profissionais da saúde é investir na qualidade de vida de toda a população. Oferecer...

Castelo Saint Andrews presenteia hóspedes com diária extra em Festival Fondue Suisse

O Castelo Saint Andrews, em Gramado, reconhecido como refúgio de luxo e elegância, é o local ideal para...