21.5 C
Brasília
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Manifestações na pele são avaliadas como possíveis sintomas da Covid-19

Date:

Share post:

Manifestações na pele são avaliadas como possíveis sintomas da Covid-19

O surto da doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV2 já constitui uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional – o mais alto nível de alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS). A pandemia que, em todo o mundo, matou mais de 284 mil pessoas ainda é objeto de estudo por cientistas, médicos, biólogos e pesquisadores.

Entre as diversas questões ainda sem resposta para a doença, como por exemplo, a cura, o possível transmissor, os tipos e formas de contágio, entre outras incógnitas, há ainda o surgimento de possíveis manifestações de sintomas em outras partes do corpo.
Recentemente, manifestações dermatológicas associadas à Covid-19 têm sido relatadas. Dermatologistas de todo o mundo tentam descobrir por meio de pesquisas a possível relação.

“Seriam sintomas da infecção pelo novo coronavírus, algo ainda recente na prática médica. Por este motivo, novos sinais e da doença são constantemente observados e relatados”, explica o dermatologista e especialista em pele, Erasmo Tokarski.

Um dos últimos trabalhos disponibilizados para estudo foi realizado por uma equipe de espanhóis e publicado no British Journal of Dermatology. Os pesquisadores documentaram toda a análise realizada em 375 pessoas e identificaram alguns principais padrões relacionados a problemas de pele. As manifestações dermatológicas observadas foram:

urticária generalizada – especialmente no tronco, mas pode se apresentar ou dispersar por outras partes do corpo;
maculopápulas (pequenas manchas avermelhadas elevadas) – podem se apresentar em diferentes graus de descamação e costuma afetar mais as mãos;
pseudo-frieira nas mãos e pés e em outras partes do corpo;
livedo ( aparecimento na pele de “linhas” vermelhas ou azuladas ) ou necrose ( morte de um grupo de células).

De acordo com Tokarski, todo o material ainda é objeto de estudo e não pode ser confirmado que problemas de pele possam ser outros sintomas da Covid-19. O dermatologista lembra que as manifestações na pele são conhecidas da classe médica não começaram a aparecer somente agora com a disseminação da pandemia.

“A pele pode ser o órgão do corpo que manifesta sinais de diversas doenças internas, sejam elas nutricionais, medicamentosas ou  infecciosas. Portanto ainda é cedo para afirmar com precisão a questão”, detalha.

Mesmo com as investigações em andamento, o especialista alerta que os pacientes devem estar atentos e vigilantes a qualquer manifestação diferente no corpo ou sintomas da doença e procurar um profissional sempre que necessário.

“É preciso observar a temperatura corporal, tosse e dificuldade de respirar. Além disso, as medidas de prevenção devem ser amplamente adotadas: a lavagem das mãos com água e sabão ou quando não for possível, o uso do álcool em gel, o uso de máscaras e evitar as aglomerações”, ressalta.

Saiba Mais
O primeiro caso de coronavírus no Brasil foi confirmado em 26 de fevereiro pelo Ministério da Saúde. O paciente foi um homem de 61 anos que viajou para a Itália.

No Distrito Federal o primeiro caso da doença foi registrado em 5 de março. Uma mulher de 52 anos foi internada em um hospital particular e posteriormente transferida para a unidade de saúde pública referência no tratamento. Ela também se contaminou fora do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Em evento do Lide Brasília, governador Ibaneis Rocha e secretário Ney Ferraz anunciam investimentos até R$ 6 bilhões*

Após fechar o ano de 2023 com superávit de R$ 2,6 bilhões nas contas públicas, o Governo do...

Ressaca de Carnaval com Adriana Samartini na Clube.Co

No dia 24 de fevereiro, sábado, o complexo esportivo localizado no Setor de Clubes Sul, promove um animado...

Atividades de verão: conheça cuidados necessários para a saúde da musculatura e articulações

O corpo exige atenção na prática de atividades físicas e esportivas para evitar desconfortos e lesões O verão é...

Gaza: Médicos Sem Fronteiras condena ataque israelense que matou duas familiares de um profissional da organização

Ataque a abrigo de MSF em Al-Mawasi, Khan Younis, também deixou seis pessoas feridas Médicos Sem Fronteiras (MSF) condena...