30.5 C
Brasília
quinta-feira, fevereiro 29, 2024

Obras de alargamento de pontes na EPTG começam na quinta (22/2)

Date:

Share post:

Obras de alargamento de pontes na EPTG começam na quinta (22/2)

Três trechos receberão intervenções: as pontes sobre os Córregos Samambaia e Vicente Pires e o viaduto da linha férrea

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) começa, nesta quinta-feira (22/2), a alargar seis pontes na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Durante o período das obras, a velocidade nesses pontos ficará reduzida de 80 para 60 km/h.A primeira obra será no Córrego Samambaia, próximo à Residência Oficial de Águas Claras. A intervenção será feita no sentido Brasília-Taguatinga, logo após o viaduto Israel Pinheiro.

Em decorrência da ampliação da terceira faixa, nesse ponto o trânsito será desviado para a esquerda, e a pista da direita interditada. O DER liberará a via exclusiva dos ônibus apenas no trecho em reforma.

A redução da velocidade no período das obras é para garantir a segurança dos motoristas e dos trabalhadores no local. A readequação da sinalização da área já foi providenciada e as placas, colocadas.

Pardal

O radar situado logo após o Córrego Samambaia será aferido para autuar o excesso de velocidade acima de 60 km/h a partir de quarta-feira (21). Um novo equipamento de controle de velocidade também foi instalado na saída do viaduto Israel Pinheiro.

O conjunto de obras, licitado pela Secretaria de Mobilidade, é necessário para melhorar o fluxo no local, onde existe um afunilamento na terceira faixa de rolamento, que diminui de 3,50 metros para 2,70 metros.

De acordo com o superintendente de trânsito do DER, Cristiano Cavalcante, a pista passará a ter três faixas de 3,50 metros, além de um acostamento de aproximadamente 2,50 metros. Uma estrutura metálica dará o reforço na ponte que será alargada.

O mesmo será feito na ponte no sentido contrário (Taguatinga-Brasília). A previsão é que a obra comece na segunda quinzena de março.

Ao todo, três trechos receberão reformas: o do Córrego Samambaia, o do Córrego de Vicente Pires (perto do viaduto que leva à Via Estrutural) e o do viaduto da linha férrea (entre o Guará e o Lúcio Costa). A previsão é que as três intervenções terminem em cerca de 120 dias.

Fonte: METRÓPOLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Mediato Conecta promove mês da Acessibilidade em Libras

Ao longo do mês de março, serão realizados cinco encontros em espaços culturais com intérprete de libras para...

Cirurgia do Faustão: hipertensão e diabetes são as principais causas de transplantes de rim, afirma urologista

Médico explica que, embora a motivação para a cirurgia do ex-apresentador não tenha sido divulgada, é importante que...

Salto Corumbá terá primeiro condomínio eco integrado em meio à Serra dos Pirineus 

Empreendimento contará com diversos ambientes de entretenimento, área de esporte e moderna infraestrutura de segurança em meio a...

Mutirão da Saúde Rara: Juntos pela Conscientização e Apoio às Doenças Raras

Mutirão da Saúde Rara: Juntos pela Conscientização e Apoio às Doenças Raras Evento gratuito na estação central do Metrô...