Previous
Next

A manifestação do ex-ministro Moro é de uma gravidade sem precedentes

A manifestação do ex-ministro Moro é de uma gravidade sem precedentes.

Ele sai acusando formalmente o Presidente Inimputável de uma série de crimes, crimes comuns e de responsabilidade.

Que o Moro teria um fim melancólico eu já dizia antes da posse , pelo histórico de farsante , autoritário , arbitrário que sempre pautou a vida deste juiz. Mas ele, reconheço, teve um átimo de “pretensa “dignidade ao acusar o seu ex chefe.

Mas só pretensa pois na verdade ele prevaricou. O Bolsonaro , ele confessou, pediu a ele ,Ministro,que fizesse uma obstrução a investigações em andamento. E afirmou que o Presidente confessou que ,por interesse político ,exigia do Ministro uma série de medidas para obstruir e interferir em inquéritos.

Inclusive determinando que a PF fizesse relatórios sobre casos em andamento e que estes relatórios fossem encaminhados ao Presidente!! Moro chega a elogiar a postura do ex Presidente Lula que sempre agiu dando completa autonomia a PF.

O ex Ministro da Justiça tinha que agir imediatamente contra o Presidente. Prevaricou. Não resta outra alternativa senão dar sequência a esta gravíssima acusação feita pelo ex Ministro.

O impeachment é a única saída pois o afastamento do Presidente se faz inexorável. As investigações sobre o Presidente e sua família têm que ser preservadas. Resta a todos acompanhar os desdobramentos desta grande crise.

Uma interferência direta nestas investigações equivale a um golpe de estado. E acompanhar com os cuidados e firmeza necessários, a milícia merece enfrentamento com todas as cautelas mas com determinação e profundidade.

O Moro começou a fazer uma Delação Premiada. E disto ele entende, ele e a força tarefa que ele comandava. O país espera ansioso..

 

Antônio Carlos de Almeida Castro – Kakay.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Liste todas as categorias

Notícias Relacionadas