24.5 C
Brasília
quinta-feira, junho 20, 2024

Alexandra da Silva: Transportadora escolar com espírito de mãe

Date:

Share post:

Alexandra da Silva: Transportadora escolar com espírito de mãe

A mulher que leva muito mais que crianças e jovens à escola, mas aquela que transporta amor numa van escolar e que luta contra preconceitos.

Por: Nayara Storquio
Fotos: Nubia Paula e arquivo pessoal

Quem tem a guarda de filhos sabe da batalha diária para ser um bom pai, uma boa mãe ou um bom exemplo na vida deles. A goiana Alexandra Mariano Rodrigues da Silva, hoje com 45 anos, conhece essa luta muito bem. Ela tornou o transporte escolar mais que uma profissão, um cuidado de mãe com filhos que não são só os seus.

Em 1975, vindo para Brasília de Ipameri, no Goiás, quando tinha apenas 1 ano de idade, Alexandra foi morar no Setor Militar Urbano. Filha de militar ela viveu e cresceu numa época em que ir a escola a pé era parte do seu dia a dia. Rotina que hoje não condiz com o perfil de quase ninguém na capital federal.

 

Ali, no coração da cidade, ela cresceu e se tornou mãe. Passou por todos os desafios de início de carreira ao tentar se inserir no mercado de trabalho inicialmente no setor privado. E até experimentou o serviço público, porém aquele não era seu destino profissional.

Alexandra percebeu que o trabalho tradicional não garantia uma participação efetiva na vida dos filhos, que hoje são três. Sendo uma mulher amorosa, gentil e solícita, ela merecia mais tempo com eles e decidiu abrir seu próprio negócio. Transportadora Escolar.

Por mais que mulheres no comando de empresas, ou atrás do volante, não fosse uma ideia muito popular, Alexandra foi inspirada por mulheres. Uma transportadora escolar que a motivou, ao revelar que a profissão lhe ofereceria benefícios únicos como mãe. E sua primeira van também é proveniente de uma motorista feminina.

Em 2006, apesar de suas motivações, a aceitação popular não foi o que ela recebeu logo de cara. Amigos e conhecidos não acreditavam, e alguns ainda não acreditam, que essa seria a melhor forma para Alexandra ter sua vida profissional.

Mas Alexandra não se abalou com nenhum preconceito e foi em frente. Moradora do Cruzeiro na época, seus primeiros alunos eram provenientes de bairros próximos: Sudoeste, Octogonal e Cruzeiro. De lá ela os levava e buscava no Colégio Militar de Brasília Dom Pedro II e no Colégio Tiradentes, ambos no Setor Policial.

Transporte esse que Alexandra realiza até hoje, mesmo tendo se mudado para Arniqueiras. Ela transporta trinta alunos que se dividem entre as mais diversas idades. Como o CMDPII oferece desde o Ensino Infantil até o Ensino Médio, Alexandra tem alunos que vão dos 4 aos 18 anos.

“Nós somos como uma família”

No início ela precisou vender seu carro e investir em cursos de especialização e na carteira de motorista tipo D. Investimento que ela já recuperou dois anos depois evidenciando o sucesso no que faz.

Para ela esse sucesso tem motivo: O coração de mãe que guia a van escolar que ela dirige todos os dias. A maneira que a goiana fala de seus alunos emocionada não poderia ser confundido com outra motivação. Para ela seus alunos fazem parte da uma grande família.

Prova disso é a maneira divertida com que gerencia o transporte escolar. A van de Alexandra não é apenas para levar crianças e jovens a escola. Representa muito mais. É lugar de amor, solidariedade e atenção dedicada a cada uma das vidas que ela carrega sobre suas rodas.

 

Não muito tempo depois de começar a realizar o transporte escolar Alexandra decidiu mudar a maneira que os pequenos passavam por essa experiência. A forma escolhida para isso foi começar a fazer festinhas surpresa para os aniversários dos seus alunos.

Com a autorização dos pais, a participação dos coleguinhas da escola e muita vontade de ver sorrisos, Alexandra enfeita sua van. No início com decorações, música, salgados, doces e refrigerante, e no final com emoção e alegria no rosto dos alunos que ela trata como filhos.

 

As festas acontecem sempre na segurança do estacionamento do CMDPII, e duram cerca de uma hora. Período de atraso do qual os pais dos alunos são previamente notificados para garantir tranquilidade. Até hoje Alexandra calcula que, em 12 anos, aproximadamente quinze comemorações já foram realizadas na van.

“Sempre fui muito parceira dos pais”

A participação dela na vida social, e pessoal, dos alunos vai além da realização de festas sobre rodas. Alexandra conhece seus alunos de perto. Sabe das dificuldades de cada um e das suas limitações. E, em parceria com os pais, ela realiza também um trabalho de apoio psicológico.

Como ela os considera seus filhos, eles também a veem como exemplo maternal. Eles se abrem sobre seus problemas pessoais e contam com a opinião de Alexandra nos mais diversos assuntos.

Foi construindo essa relação de amor e cumplicidade a caminho da escola que a motorista encontrou sua realização profissional. Hoje ela se considera mais que uma transportadora escolar. Seu trabalho inclui atuações de assistente social, enfermeira, advogada, conselheira, psicóloga, ou seja, de Mãe.

“Entrei com a cara e coragem, adorei, e amo o que faço até hoje”

É ao ver seus alunos crescerem, se desenvolverem como pessoas, e alcançarem seus objetivos que Alexandra enxerga seu sucesso.

Ela agradece a Deus ao lembrar que nunca se envolveu em acidentes de trânsito no trabalho. Todas as situações tensas que ela vivenciou na função foram pessoais e psicológicas. Onde ela precisou intervir em crises de adolescência, problemas familiares e até financeiros dos pais.

Alexandra faz atividades extra escolares com seus alunos em dias de horário escolar reduzido. Os leva ao cinema, ou para lanchar, e faz passeios. Iniciativas que os pais gostariam de fazer e muitas vezes o trabalho deles não permite, já que a rotina de trabalho dificilmente segue o calendário escolar.

Ela apoia pais e mães que passam por situações difíceis. Podendo resultar no afastamento do aluno da van por questões financeiras. Alexandra não deixa passar batido, e faz o que pode pra ajudar. Dialoga e se dispõe a ajudar.

Na medida do possível ela oferece transporte gratuito evitando que o aluno falte à escola até os pais regularizarem a situação. Pra ela essas atitudes entram no hall da solidariedade, o que ela realiza de coração aberto, pois se coloca no lugar de cada pai e cada mãe.

“Isso é Amor”

Para realizar esse trabalho Alexandra precisa não só de profissionalismo, mas de muita dedicação. Ela ressalta que todos os dias merecem um momento de concentração, no qual ela veste sua melhor armadura de carinho, gentileza e sabedoria. Isso pra ela é amor. Ela se esforça pra reconhecer que cada um de seus alunos tem uma criação diferente, e uma personalidade única.

Mesmo que muitas pessoas não reconhecem, Alexandra se considere uma formadora de opinião. Ela faz parte do desenvolvimento dessas crianças e adolescentes, e enaltece a necessidade de paz de espírito e discernimento ao realizar esse trabalho.

“Sou uma transportadora escolar de valores e princípios”

Ela dirige todos dias experimentando situações que vão do preconceito ao respeito, no transito de Brasilia. Mesmo assim ela ve cidade como palco de uma população educada e organizada. Diferente dos demais lugares que já visitou, o que tem orgulho de si, do lugar onde vive e que não se imagina vivendo em outra cidade.

O amor e a dedicação que Alexandra exerce no volante de uma van escolar lhe trouxeram tudo que ela sempre quis. É apaixonada pelo seu trabalho se sente realizada na cidade que a acolheu. Um sentimento que ela compartilha e multiplica, ao fazer diariamente o caminho da escola na sua van escolar usando o amor de mãe como combustível.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Sucesso do Jantar Temático de Gastronomia Calabresa “SABOREIA A VIAGEM À CALÁBRIA”

Organizado pela *Monardo Café & Viagens*, que há 14 anos organiza tours eno-gastronômicos-culturais na Itália, em parceria com...

Ego e Ambição: Certeza de Destruição

Ego e ambição, quando descontrolados, são forças poderosas que podem levar à ruína. Essas duas características, muitas vezes...

É fato: por nós, só nós

Investir nos médicos e profissionais da saúde é investir na qualidade de vida de toda a população. Oferecer...

Castelo Saint Andrews presenteia hóspedes com diária extra em Festival Fondue Suisse

O Castelo Saint Andrews, em Gramado, reconhecido como refúgio de luxo e elegância, é o local ideal para...