Previous
Next

O poder dos compostos bioativos dos alimentos contra a COVID19.

O poder dos compostos bioativos dos alimentos contra a COVID19.

Nessas últimas semanas vários artigos científicos foram publicados sobre a COVID 19 e o Instituto de Medicina Funcional se posicionou mostrando que alguns alimentos e temperos (in natura e/ou como nutracêuticos) tem ação semelhante a alguns medicamentos antivirais.

Eles defendem a utilização desses compostos em conjunto para atuar na prevenção e tratamento contra a doença. Os compostos estudados atuam como agentes antivirais, impedindo que o virus consiga se ligar no receptor para que infecte a célula. Um outro mecanismo importante é por inibição da principal enzima responsável pela multiplicação do vírus, as proteases, as quais são responsáveis por quebrar a proteina viral e depois liberar para infectar outras células.   

Já existem estudos com resultados promissores que associam a cloroquina com Zinco, Capscina, Curcumina e Vitamina D.

O principal candidato a medicamentos para o tratamento da COVID-19 é a Epigalocatequina galato (EGCG) substancia encontrada no chá verde. A recomendação é de 4 xícaras ou 225mg do extrato seco de EGCG, fracionados durante o dia. Para preparar o chá verde faça a infusão de 1 colher de sobremesa de chá verde para 1 xícara de água quente. 

Dê preferência para as folhas e não saquinho. Não deixe ferver. Abafe por apenas 3 minutos (é importante não deixar em imersão mais tempo para que o chá verde mantenha as propriedades); Coe a mistura e tome, sem adoçar. Na geladeira o chá dura até 24 horas.

Mesmo se tratando de compostos naturais como chá, por exemplo, deve-se ter cuidado com altas doses, pois algumas pessoas apresentam efeitos colaterais como dor de cabeça e enjôo com o consumo de chá verde. 

Segue abaixo uma lista dos compostos bioativos encontrados no resultado das pesquisas e suas respectivas fontes alimentares:

1) Catequinas – chá verde e cacau (chocolate amargo ou cacau em pó).

2) Quercetina – casca de maçã e da cebola.

3) Elderberry –  extrato seco de sabugueiro.

4) Acido cafeico – chás (mate, hortelã, sálvia, gengibre) e semente de girassol

5) Apigenina – salsinha crua, goiaba e chá de camomila – 2 xícaras ao dia

6) Resveratrol – uvas roxas, mirtilos, morangos e vinho tinto.

7) Beta Glucana – farelo de aveia (cerca de 3 colheres de sopa ao dia) ou farinha ou flocos de aveia (cerca de 4 colheres de sopa).

8) Sulforafanos – Composto bioativo presente especialmente nas brássicas como brócolis, couve – flor, repolho e rabanete. Possuem ação detoxificante.

9) Alicina – 1 dente de alho cru por dia previamente exposto ao ar por 10 minutos.

10) Luteolina – goiaba, azeitona, azeite de oliva, salsa, aipo, berinjela. 

11) Kaempferol – goiaba, espinafre, brócolis, repolho e chá verde.

12) Oleuroperina – azeite de oliva, azeitona.  

13) Gingerol e Shogaol – gengibre.  

14) Curcumina – açafrão (1 colher de chá) – associar com azeite e pimenta do reino ou caiena para aumentar biodisponibilidade

Todos os compostos bioativos apresentados podem ajudar no combate a resposta inflamatória exacerbada causada pela COVID19. Além disso, esses compostos têm alta ação antioxidante, combatendo os radicais livres do organismo. Quanto mais desinflamado o nosso organismo e com imunidade fortalecida menores os danos do vírus.

Aproveite todas essas informações, reforce a sua imunidade e acredite no poder da nutrição.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Liste todas as categorias

Notícias Relacionadas