19.5 C
Brasília
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Mamoplastia pode ser reversível?

Date:

Share post:

Entenda como funciona a reversão da mamoplastia, seus riscos e benefícios, e se é realmente uma opção viável para quem deseja recuperar a forma natural dos seios

A mamoplastia é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo a remodelação dos seios, seja para aumentar, reduzir ou mesmo corrigir a sua forma. Com a popularidade crescente das cirurgias plásticas, muitas mulheres recorrem a esse procedimento para melhorar a aparência de seus seios. 

Entretanto, alguns acabam se arrependendo do resultado e se perguntam se é possível reverter a cirurgia. Neste artigo, abordaremos as possibilidades e desafios envolvidos na reversão da mamoplastia e discutiremos os riscos e benefícios associados a essa opção.

Reversão da mamoplastia: como funciona?

A reversão da mamoplastia é um procedimento cirúrgico cujo objetivo é devolver aos seus seios, sua forma e tamanho originais após uma cirurgia plástica prévia. Isso pode ser feito tanto no caso de uma mamoplastia de aumento (implante de próteses de silicone) quanto de uma mamoplastia redutora (redução do volume mamário).

Para reverter uma mamoplastia de aumento, o cirurgião plástico geralmente remove a prótese de silicone e, dependendo do caso, pode-se realizar uma mastopexia (levantamento dos seios) para ajustar a pele e os tecidos remanescentes. 

Já no caso de uma mamoplastia redutora, a reversão envolve a utilização de enxertos de gordura ou próteses de silicone para aumentar o volume mamário e, se necessário, corrigir a posição das aréolas e mamilos.

Riscos e complicações da reversão da mamoplastia

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, a reversão da mamoplastia apresenta riscos e complicações que devem ser cuidadosamente avaliados antes de se tomar uma decisão. Alguns riscos dos envolvidos incluem:

  • Infecção: Como em qualquer cirurgia, há risco de infecção no local da incisão ou nos tecidos adjacentes.
  • Hematoma e seroma: Acúmulo de sangue ou líquido seroso no local da cirurgia, que pode requerer drenagem ou mesmo uma nova intervenção cirúrgica.
  • A sensibilidade na sensibilidade: A reversão da mamoplastia pode afetar a sensibilidade dos seios, da aréola e dos mamilos, podendo ser temporária ou permanente.
  • Cicatrizes inestéticas: A qualidade das cicatrizes resultantes da cirurgia é variável e pode ser sustentada pela predisposição genética, qualidade da pele e técnica cirúrgica empregada.
  • Assimetria: Pode haver diferença no tamanho, forma ou posição dos seios após a cirurgia, experimentado uma correção adicional.

Benefícios da Reversão da Mamoplastia

Para algumas mulheres, a reversão da mamoplastia pode trazer benefícios prolongados, como a recuperação da a emoção e a satisfação com a aparência dos seios. Algumas das vantagens associadas a esse procedimento incluem:

  • Recuperação da forma e tamanho natural dos seios: Para aqueles que se arrependeram de uma mamoplastia prévia, a reversão pode fornecer uma chance de recuperar a aparência original dos seios, desejando a satisfação com a própria imagem.
  • Correção de complicações: Em casos de complicações pós-cirúrgicas, como contratura capsular (endurecimento ao redor da prótese) ou ruptura do implante, a reversão da mamoplastia pode ser uma opção para solucionar esses problemas.
  • Melhoria da qualidade de vida: A reversão da mamoplastia pode melhorar o bem-estar físico e emocional das pacientes, especialmente se a cirurgia anterior causa desconforto, dor ou insatisfação com a aparência

Considerações Importantes

Antes de decidir pela reversão da mamoplastia, é fundamental conversar com um cirurgião plástico experiente e qualificado para discutir as expectativas, riscos e benefícios do procedimento. Além disso, é importante considerar que:

  • A reversão da mamoplastia pode não ser possível em todos os casos: Dependendo das condições dos tecidos mamários e da quantidade de pele disponível, a reversão pode ser mais complexa ou mesmo inviável.
  • O resultado final pode não ser exatamente o mesmo de antes da mamoplastia inicial: Devido às mudanças na pele, tecidos e musculatura, pode ser difícil obter um resultado idêntico ao estado original dos seios.
  • Pode haver necessidade de procedimentos múltiplos: Dependendo do caso, pode ser necessário realizar mais de uma cirurgia para atingir o resultado desejado na reversão da mamoplastia.

A reversão da mamoplastia é uma opção que pode ser considerada por mulheres que se arrependeram de uma cirurgia plástica prévia ou que enfrentaram complicações decorrentes dessa intervenção. 

Embora a reversão possa trazer benefícios emocionantes para a autoestima e a qualidade de vida dos pacientes, é fundamental estar ciente dos riscos e complicações envolvidos, além de ter em mente que o resultado final pode não ser idêntico ao estado original dos seios. 

Ao ponderar essa decisão, é essencial consultar um cirurgião plástico qualificado e experiente para discutir as expectativas e garantir que a reversão da mamoplastia, seja ela a tradicional, ou a mamoplastia R24R, a melhor opção para o caso específico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Atividades de verão: conheça cuidados necessários para a saúde da musculatura e articulações

O corpo exige atenção na prática de atividades físicas e esportivas para evitar desconfortos e lesões O verão é...

Gaza: Médicos Sem Fronteiras condena ataque israelense que matou duas familiares de um profissional da organização

Ataque a abrigo de MSF em Al-Mawasi, Khan Younis, também deixou seis pessoas feridas Médicos Sem Fronteiras (MSF) condena...

Descubra os benefícios da cúrcuma no desjejum e potencialize sua energia ao longo do dia

A nutricionista Priscila Gontijo apresenta os benefícios e contraindicações do alimento que é reconhecido pela ciência moderna e...

O que aconteceu com o preço do azeite?

Especialista explica quais fatores podem ter impulsionado a elevação considerável do óleo no Brasil Nas prateleiras dos supermercados, os...