15.5 C
Brasília
sexta-feira, maio 24, 2024

Negócios online crescem na capital federal

Date:

Share post:

Negócios online crescem na capital federal

Cada vez mais conectados, o brasiliense está cada vez mais comprando produtos e serviços pela rede

A capital do país está conectada. Segundo o último levantamento do IBGE, 85,3% da população do Distrito Federal têm acesso à internet, superando a média nacional que é de 64,7%. Com isto, os negócios via internet crescem a largos passos e isto inclui os mais diversos segmentos, aproveitando uma clientela que está ali, disponível para não só conhecer produtos e serviços, mas também adquiri-los.

É o caso do empresário Ricardo Pereira, que viu neste avanço nas redes uma oportunidade de negócio. Ele criou a Lavô (https://lavo.online), um aplicativo de lavagens de veículos a seco, onde basta um clique para garantir o carro limpo em qualquer lugar do DF e a qualquer hora do dia. “A internet criou um novo consumidor, com um perfil mais imediatista, pois tudo é possível de uma forma instantânea ali. Precisamos evoluir neste sentido, atendendo as necessidades e desejos deste novo cliente”, explica.

 

Agora em março, a operação completa um ano e o balanço é mais do que positivo. Até o ano passado eram 600 lavadores cadastrados e este ano deverá chegar a 4.000 cadastros. “A demanda cresceu tanto que precisamos aumentar o número de parceiros para atender a tantos chamados. Ninguém quer perder tempo na fila de um lava-jato se é possível chamar o serviço pelo aplicativo no celular de forma rápida, segura e cômoda”, destaca o empresário.

Para a consultora de negócios, Juliana Guimarães, esta é uma tendência que só vai crescer. “No DF, as pessoas têm mais acesso à informação, viajam mais e acabam se tornando pessoas mais exigentes, já que passam a ter referências de qualidade de vários estados e países. Por isto, querem resolver tudo de forma célere, eficiente e cômoda, o que nem sempre significa o mais barato.  O consumidor daqui está inclusive disposto a pagar mais pelo melhor serviço” destaca a especialista.

Segundo ela, a capital tem se tornado cada vez mais um celeiro de startups e empresas digitais. “Nos últimos anos, observamos um mercado em franca ebulição. São novos projetos que encontram aqui um terreno fértil para que se desenvolvam”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Cine Cultura Liberty Mall completa doze anos e faz promoção com ingressos a doze reais.

Dia 24 de maio, sexta-feira, os ingressos custarão doze reais em todas as sessões! Fundado há doze anos com...

Apresentações de quadrilhas juninas nas escolas e oficinas de maquiagem para grupos marcam o Giro Cultural

Com 68 apresentações juninas em escolas do Distrito Federal, ação realiza oficinas de maquiagem artísticas para espetáculos juninas Com...

Gama recebe duo com repertório erudito e brasileiro para concerto do 4º Festival Estação da Música

Duo Sanches Madalena interpreta compositores brasileiros como H. Villa-Lobos e clássicos internacionais O Festival Estação da Música Clássica promove...

Anna Tréa faz turnê pelo Brasil, depois de temporada na Europa

Foi durante uma viagem para acompanhar a turnê de Arringo Barnabé, que Anna Tréa se apaixonou por Barcelona. Anos depois,...