20.5 C
Brasília
terça-feira, março 5, 2024

Nutricionista dá dicas para aumentar a imunidade

Date:

Share post:

Nutricionista dá dicas para aumentar a imunidade

Bons hábitos e ingestão adequada de certos alimentos ajudam a fortalecer o sistema imune

Todo mundo sabe que manter uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para o bom funcionamento do organismo, garantindo assim mais saúde. Em tempos de pandemia por conta do Covid-19, além dos cuidados com higiene pessoal e evitar aglomerações, aumentar a ingestão de alguns alimentos pode contribuir para o aumento da imunidade.

O nutricionista Daniel Novais destaca a importância de se consumir frutas cítricas, como laranja, limão, mexerica e pitanga, além de legumes, como cenoura e tomate, e os peixes, pois são ricos em nutrientes que ajudam na formação das células do sistema imunológico

“De uma maneira geral, a imunidade é fortalecida ao se fazer uma dieta balanceada, comendo pelo menos três frutas por dia, incluindo legumes e verduras no almoço e no jantar e comendo peixe pelo menos três vezes por semana”, explica Daniel.

Além disso, manter um estilo de vida saudável também é uma das melhores estratégias para manter o sistema natural de defesa do corpo sempre forte e eficiente. Por isso, é recomendado não fumar, praticar exercícios físicos leves ou moderados de forma regular, dormir cerca de 8 horas por noite e consumir bebidas alcoólicas com moderação. Estes hábitos devem ser seguidos por todos ao longo da vida, não somente em momentos em que a pessoa encontra-se doente ou com facilidade para adoecer.

Daniel separou uma lista com alimentos mais indicados para aumentar o sistema imune, já que favorecem a produção das células de defesa do organismo de forma mais eficiente. Alguns exemplos são:

  • Ômega-3: salmão, atum, sementes de chia, nozes e linhaça;
  • Selênio: castanha do Pará, trigo, arroz, gema de ovo, sementes de girassol, frango, queijo, repolho e farinha de trigo;
  • Zinco: camarão, carne de vaca, frango, peru e peixe, fígado e frutos secos (castanha, amendoim e castanha do Pará);
  • Vitamina C: laranja, mexerica, abacaxi, limão, morango, melão, mamão, manga, kiwi, brócolis, tomate e melancia;
  • Vitamina E: sementes de girassol, avelã, amendoim, amêndoas, pistache, manga, azeite de oliva,  azeite de girassol, nozes;
  • Vitamina A: cenoura, batata doce, manga, espinafre, melão, acelga, pimentão vermelho, brócolis, alface e ovo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

Zé Torresmo: a junção dos prazeres da carne com a culinária caipira

A revista 61 Brasília participou do “soft opening” no sábado (2), do restaurante “Zé Torresmo”, localizado na CLN...

UDF oferece serviços jurídicos gratuitos para população

Docentes e alunos do curso de Direito fornecem atendimento das áreas cível, trabalhista e penal  O Centro Universitário do...

Ilustradoras negras lançam versão em quadrinhos de Quarto de Despejo

Lançamento marcará passagem dos 110 anos da escritora Escrito a partir das memórias da catadora de papel Carolina Maria...

Profissionais de saúde se mobilizam para atender casos de dengue no DF

Governador decretou emergência na saúde do Distrito Federal Em meio ao avanço da dengue no Distrito Federal – uma...