21.5 C
Brasília
terça-feira, dezembro 5, 2023

Dor nos dentes ao consumir algo muito quente ou muito gelado? Você não está sozinho!

Date:

Share post:

Pesquisa aponta a sensibilidade nos dentes como o maior problema bucal dos brasileiros e o tempo seco está entre as causas

Tomar um sorvete em dias quentes, um cafezinho para dar aquela levantada ou até mesmo um brigadeiro após o almoço parecem atividades bem comuns, né? Mas para algumas pessoas não é! Ao consumir algo gelado, doce ou quente vem aquela pontada aguda e intensa nos dentes. A sensibilidade é um grande tormento. E, de acordo com especialistas, o tempo seco de Brasília pode intensificar ainda mais o desconforto.

Uma pesquisa mostra que a sensibilidade nos dentes está entre os maiores problemas bucais dos brasileiros, ultrapassando, inclusive, a cárie. Este levantamento encomendado pela marca Sensodyne à agência Katar, aponta que, de mil entrevistados, 32% dos brasileiros afirmam conviver com a hipersensibilidade. E, dependendo da faixa etária o problema pode ser ainda maior.

Segundo a odontóloga Ianara Pinho, entre as causas está a erosão do esmalte ou retração da gengiva, onde a dentina e seus túbulos dentinários ficam expostos. Ela também afirma que, por causa do tempo seco daqui da capital, as pessoas normalmente têm obstrução das vias aéreas, ocasionando a respiração pela boca “Isso vai desidratar a gengiva, causando a inflamação crônica, responsável pela sensibilidade”, diz Ianara.

O que deve ser evitado? – Há fatores que também provocam o desconforto. “Quem tem sensibilidade deve evitar: pastas com efeito branqueador, pois são muito abrasivas, o uso de escovas muito duras e também alimentos muito ácidos”, afirma.

Outro alerta é em relação à escovação. “É importante controlar a intensidade com que se escova os dentes, porque ao colocar muita força nesse processo, há maior desgaste, expondo a dentina”, explica a especialista.

Tem solução? – A boa notícia é que há solução. Existem pastas de dentes específicas para tratar a hipersensibilidade, mas é algo temporário, não trata 100% do problema. Sentir dor não é normal. Então, Ianara alerta que o paciente deve procurar o auxílio de um especialista. “Em alguns casos conseguimos resolver com laserterapia, mas em outros são necessárias cirurgias, restaurações ou aplicação de produtos específicos, por isso a importância de consultar um dentista”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

publicidade

Related articles

15º Salão dos Artistas sem Galeria inaugura mostra na paulistana Galeria Zipper em 18 de janeiro de 2024

O Salão dos Artistas Sem Galeria, promovido pelo portal Mapa das Artes (www.mapadasartes.com.br e @mapadasartesoficial), realiza em janeiro,...

Doutor em Educação questiona política de inclusão total adotada em escolas brasileiras

Pesquisador e ativista Lucelmo Lacerda evidencia a problemática de educar crianças e adolescentes com necessidades especiais apenas em...

MODELOS DE ÓCULOS DE SOL QUE ESTÃO COM TUDO NESSA TEMPORADA

Dos esportivos futuristas aos gatinhos revisitados, reunimos diferentes óculos de sol para você apostar já.   Serviço: Ótica Via Rico Qnm 17...

Simples Cannabis revoluciona experiência online de acesso à cannabis medicinal com lançamento de novo site

Com um design moderno e intuitivo, a plataforma apresenta novidades que facilitarão o acesso às medicações, aos profissionais...